Busca

segunda-feira, 1 de junho de 2015

Prefeituras e Estados não receberam recursos para fiscalização de bolsa família

Por Congresso em Foco

Segundo reportagem da Folha de S. Paulo, os repasses feitos em 2015 são referentes aos últimos trimestres de 2014. Em algumas prefeituras, funcionários responsáveis pelo programa estão sendo dispensados

Reportagem da Folha de S. Paulo desta segunda-feira (1), revela que prefeituras e Estados em todo o Brasil não receberam, durante o ano de 2015, recursos relativos à gestão do Bolsa Família. A fiscalização do programa é mantida apenas com recursos obtidos no final do ano passado, conforme a Folha.

Segundo a reportagem, “os repasses feitos neste ano, entre fevereiro e abril, referem-se a meses dos últimos trimestres de 2014. Embora as 14 milhões de famílias beneficiárias estejam com o recebimento em dia, os programas de acompanhamento nunca tinham sofrido atrasos dessa magnitude”.

A falta de recursos compromete a verificação de checagem da freqüência das crianças nas escolas e nos postos de saúde. Além disso, a redução da verba do programa também dificulta a atualização cadastral de beneficiários.

A Folha informa que, por conta da demora no repasse de recursos para a gestão do programa, houve cortes de funcionários ligados ao Bolsa Família. “O Ministério do Desenvolvimento Social reconhece os atrasos e diz que a situação deve se normalizar assim que receber repasses do Tesouro Nacional”, diz a Folha.

Nenhum comentário: