Busca

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

Aparição de Idi Amin...

Crônica do entardecer

Por Helcio Silva

15/02/2016


Não conheci pessoalmente Idi Amin, dada a distância de nossas moradas e até do meu desinteresse em conhecê-lo. Mas sei que foi um lutador de boxe e campeão na categoria de peso pesado lá pra suas bandas. Também ditador conhecido na história figurando como um dos últimos tiranos do mundo, não muito distante dos nossos tempos.  
Mas conheci e conheço bem o Amim (com “m” no fim}, companheiro de velhas batalhas, ex-deputado federal, “bravo” guerreiro da minha terra nas lutas contra a ditadura e contra a oligarquia do Sarney... Assim era o Julião!... O Julião Amim!... Pregador da liberdade de pensamento.
Hoje, fiquei espantado sem saber a quem chamava de querido amigo em comentário que fiz em sua página no face; se ao Amim (com “m” no fim) defensor das liberdades ou ao outro Amin (com “n” no fim), o boxeador da tirania; pois o comentário que fiz na escrivaninha do face do Julião desapareceu, naturalmente em virtude das críticas democráticas e respeitosas, porém certeiras, que fiz ao governo de Flávio Dino, a quem, hoje, Julião Amim presta serviços como secretário do Trabalho.
Como aconteceu?... Lá vou eu contar!... Ufa!
Julião postou em sua página, com foto e tudo, este texto: 
“Hoje pela manhã, participamos da assinatura do Protocolo de Intenções com o presidente do Banco da Amazônia - BASA, que assegura R$ 331 milhões em crédito para o desenvolvimento dos setores produtivos do estado.”
Fiz um comentário e postei:
 “Meu querido amigo Julião, se a assinatura é apenas em um protocolo de intenções nada há ainda assegurado. O povo não pode mais continuar sendo enganado... Um abraço, meu amigo... Deus te proteja.”
Foi desse jeito que fiz o comentário. Automaticamente entrou na página... Eu vi e li...
Fui almoçar uma feijoada no restaurante da esquina e, quando cheguei de volta, o dito/cujo comentário não estava mais... Sumiu!!!!!
Fiz outro comentário: “Julião, por que retiraste meu comentário?... O que houve?”
Este, colocado exatamente às 14 horas, ainda não foi retirado e também não foi respondido...
Oxente!...  É assim - infelizmente - que continua sendo a política no Maranhão... Obediência total a quem tem o poder!
E eu vou caminhando pelas ruas  e esquinas, pelos becos e praças, em busca da liberdade, contra os tiranos... Avante!... A luta continua!!!...
...E o Sol cai lentamente no horizonte quando vem o entardecer!...

Nenhum comentário: