Busca

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

Ex-marqueteiro do PT tem prisão decretada na 23ª fase da Lava Jato

Do R 7

Nova fase mira pagamentos feitos pela construtora Odebrecht para João Santana no exterior

João Santana, ex-marqueteiro do PT, é um dos alvos da Operação Acarajé — 23ª fase da Lava Jato, deflagrada pela PF (Polícia Federal), nesta segunda-feira (22). Santana trabalhou nas campanhas do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e da presidente Dilma Rousseff.

A nova fase mira os pagamentos feitos pela construtora Norberto Odebrecht para Santana, no exterior.

Santana ainda não foi preso, pois está na República Dominicana, junto à sua mulher, Mônica Moura, que também teve sua prisão decretada. O marqueteiro coordena a campanha à reeleição do presidente Danilo Medina no País. As eleições ocorrem em maio.

Foram presos o operador de propinas Zwi Skornik e foram realizadas buscas e apreensões ainda na Odebrecht. As medidas contra Santana foram prejudicadas, pois ele está fora do País.

Nenhum comentário: