Busca

quinta-feira, 10 de março de 2016

Assim deveria ser na política



Assim poderia também ser na política. Deveria sair todo aquele administrador público que, como gestor, não estivesse dando bons resultados às causas do povo.
Mas no futebol funciona.
Mesmo sem comandar o Palmeiras na derrota desta quarta-feira para o Nacional-URU, no Allianz Parque, em virtude de uma suspensão, Marcelo Oliveira perdeu o emprego. Depois do revés por 2 a 1 para os uruguaios, o diretor Alexandre Mattos anunciou a saída do treinador, campeão da Copa do Brasil de 2015. Alberto Valentim assume interinamente o clube de Palestra Itália a partir desta quinta.


Nenhum comentário: