Busca

segunda-feira, 25 de abril de 2016

COLUNA DO HÉLCIO




(25/04/2016)


AR DE ESPERANÇA...

Acordei cedo e logo vi a beleza de uma rosa, quando abri a tela do face. Ela vem com um ar de esperança de que tanto o Brasil precisa...


UMA CRIANÇA SEM ESCOLA...


E eu sento a esperar os dias futuros que o Brasil aguarda. Nunca enfrentamos uma crise tão cruel contra o povo Brasileiro. Já pensaram uma criança sem Escola?! Que será do Brasil sem uma Educação de qualidade?... Essa história de Pátria Educadora é só slogan. O governo mente.


CANTAI AO SENHOR...


E na esperança de um novo dia, recebo a mensagem de Maria Rodrigues - que reside em uma bela cidade à margem do Itapecuru - que diz: "E quando a vida te deixar sem palavras, cante!"...
E eu comecei: "Cantai ao Senhor, um cântico novo..."


O RELÓGIO DA MENTE...


Com a manivela da imaginação dou corda no relógio da mente e a ordeno procurar o Jardim daquela rosa que sonhei... e que um dia declamei - "...Uma rosa cor de rosa / aparece no jardim / de saiote cor de rosa / essa rosa é para mim..."

AS PLANILHAS DOS POLÍTICOS... 


Logo pela manhã - já como vem sendo notícia corriqueira em toda a mídia do Brasil - a CBN repete o fato de que a Justiça vai investigar as planilhas apreendidas pela Polícia Federal na casa de um ex-executivo da Odebrecht que listam possíveis repasses a pelo menos 316 políticos de 24 partidos...
Isso vai ser um estouro!


A COMISSÃO DO IMPEACHMENT...


....E a comissão especial do Senado que analisará o pedido de impeachment da presidente Dilma começa seus trabalhos hoje, com início previsto para as 16h. O primeiro ato previsto será a eleição de presidente e relator. Os nomes indicados, que serão votados pelos demais membros da comissão, são Raimundo Lira (PMDB-PB) para a presidência, e Antônio Anastasia (PSDB-MG) para a relatoria. O PT tá pulando na brasa com a indicação de Anastasia.


DISTRIBUIÇÃO DOS SENADORES...


E veja agora como está a Comissão do Senado que vai analisar o pedido de impeachment da Dilma:

PMDB – 5 vagas: Raimundo Lira (PB), Rose de Freitas (ES), Simone Tebet (MS), José Maranhão (PB) e Waldemir Moka (MS)
PSDB, DEM e PV – 4 vagas: Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP), Antonio Anastasia (PSDB-MG), Cássio Cunha Lima (PSDB-PB) e Ronaldo Caiado (DEM-GO)
PT e PDT – 4 vagas: Lindbergh Farias (PT-RJ), Gleisi Hoffmann (PT-PR), José Pimentel (PT-CE) e Telmário Mota (PDT-RR)
PSB, PPS, PCdoB e Rede – 3 vagas: Romário (PSB-RJ), Fernando Bezerra (PSB-PE) e Vanessa Grazziotin (PCdoB)

PP, PSD – 3 vagas: Ana Amélia (PP), José Medeiros (PSD) e Gladson Cameli (PP)
PR, PTB, PSC, PRB, PTC – 2 vagas: Wellington Fagundes (PR-MT) e Zezé Perrela (PTB-MG)


CUNHA E RENAN...




...E vi agora, às 8 horas da manhã, nas páginas UOL, as figuras de Eduardo Cunha e Renan Calheiros sentados, um ao lado do outro, em confortável poltrona... Ambos investigados pelo STF por prática de crimes. O Eduardo é presidente da Câmara Federal e Renan presidente do Senado e do Congresso Brasileiro... Que Brasil é este?


TERMER E SKAF...


Uma reunião de seis horas – aproximadamente – marcou o encontra entre Michel Temer e o presidente da Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo), Paulo Skaf, no Palácio do Jaburu, neste domingo. Ambos disseram ser contra aumento de impostos.


AGORA VÃO AO TEMER...


Ninguém procura mais a Dilma. Agora todos vão ao Temer. Muitos dos que foram aliados dilmistas já visitam o Temer... E, ontem, o Serra foi ao vice. Mas o Serra nunca foi aliado da Dilma. Serra é amigo de Temer há muitos anos. O PSDB deve participar do governo, apesar da cautela de alguns tucanos. O serra poderá ser ministro.

A VOLTA DO IMPÉRIO...


...E eu passo o palito entre os dentes para tirar o pedaço do pão que ficou, após o café. Olho firme para a tela e vejo o Brasil Imperial. E a notícia está na Folha/Uol de hoje... E li o texto abaixo (é só um pedaço da reportagem Uol), com a foto do príncipe herdeiro: 

Vai achando que é só plebeu que protesta em Copacabana e na Paulista.
Entre a fauna que ganha visibilidade nas manifestações contra Dilma Rousseff, talvez já tenham chamado a atenção do leitor esporádicas bandeiras do Brasil imperial – na qual o globo azul é substituído por brasão e coroa.
Portando os estandartes estão os monarquistas brasileiros, que querem aproveitar o clima de uma pátria desunida para propor uma solução que olha para trás: por que não aproveitar para restabelecer o regime deposto por republicanos há 127 anos?
O monarquismo brasileiro tem à frente os descendentes de dom Pedro 2º, imperador morto no exílio.
Sua voz mais ativa hoje é dom Bertrand de Orléans e Bragança, 75, trineto de dom Pedro e segundo na hipotética linha sucessória do trono nacional. Chamado de alteza por assessores, Bertrand toca o movimento devido à saúde debilitada do irmão mais velho, Luiz, 77.

ATÉ MAIS VER...


Bom dia meus amigos e amigas... Até mais ver...

Nenhum comentário: