Busca

terça-feira, 5 de abril de 2016

Coluna do Hélcio



(05/04/2016)



O dia amanheceu manhoso, mansinho e com a manhã povoada de ar puro, entre um leve vento carinhoso!... e ciumento!
Abro a TV (RPC) e vejo a psicóloga Lígia Guerra falando sobre o ciúme... A fala foi sobre ciúme normal e ciúme patológico...

ABRINDO A PÁGINA DO POETA

...Depois da Lígia, abro o Acervum do Mhario e vejo Currículo do (IN verso).  

Currículo do (IN verso)

* Mhario Lincoln

Se eles são gélidos,
Somos transmissores de calor.
Se eles são mudos,
Falamos à cântaros de Paz.
Se eles são maus,
Unimo-nos à pessoas do bem.
Se eles ruminam,
Nos alimentamos de Luz
Se eles ainda crucificam,
Nossa Fé continua aumentando.
...
Mas se eles choram,
Levamos conforto e abrigo.
É do nosso jeito:
Dar o melhor do peito.
É legado nosso:
Respeito com Amor,
Isso devo e posso!

ONDE CANTA O BEM-TE-VI?


Juro que hoje desejava também ouvir o canto poético e suave do bem-te-vi. Há dias não o ouço cantar...
O que fizeram com o bem-te-vi que aqui cantava?... Espantaram o bem-te-vi... e ele foi embora...
Quantos anos o bem-te-vi canta o seu canto para alegra o encanto das tardes e das manhãs?

GOVERNO COMPRA APOIOS

Eu tenho batido o martelo do protesto contra essa praga chamada “toma lá dá cá” que o governo já transformou em feira, em balcão de negócios.
Hoje li, no Estadão, este texto abaixo:
Autores do pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff participaram nesta segunda-feira de um ato na Faculdade de Direito do Largo São Francisco, da Universidade de São Paulo (USP), na capital paulista. A advogada Janaína Pascoal, o promotor aposentado Hélio Bicudo e o ex-ministro da Justiça Miguel Reale Júnior defenderam a saída da petista do cargo e acusaram o atual governo de comprar votos no Congresso Nacional.

A COMPRA É DESCARADA...

O descaramento deste “toma lá dá cá” é tão evidente que se torna visível à vista de todos. É compra anunciada! Uma vergonha... Isso não representa os nossos ideais republicanos... A política brasileira precisa mudar... Não podemos mais conviver com essa imoralidade.

QUEM VAI SALVAR O BRASIL?

Fecho os olhos como se estivesse refletindo e pergunto ao silencio da minha mente em repouso: Quem vai salvar o Brasil?... Nem o vento que passava respondeu... Passou e foi embora.

A CHATICE DO CARDOZO

Não vi coisa mais chata nessas últimas horas que a defesa de Dilma na comissão do impeachment feita por Eduardo Cardozo... Foi sem consistência jurídica e uma chatice política, além de arrogante.

ELES QUEREM MINISTÉRIO

PP, PR e PSD querem ministério e um montão de cargos no segundo e terceiro escalão... E a conversa de pé de ouvido continua às claras horas e em horas escondidas... Isso é uma vergonha.

CONSULTARAM A VELHA TABUADA

O Planalto recorreu à velha tabuada. Fez cálculos. Somou, dividiu e entrou em pânico. Dos 68 deputados da bancada do PMDB somente 10 podem votar contra o impeachment... E aí o Jaques Wagner puxou a barba...

E TEM MAIS...

Apesar da feira do “toma lá dá cá” anunciando boas “vantagens”, no PP a metade da bancada manifesta opção pelo impeachment... E aí a feira entra em decadência...

IMPACIÊNCIA...

Impaciência, nervosismo, indecisões estão envolvendo a turma do governo... E Dilma é a mais impaciente... E o Lula pensando que pode mudar o quadro.

A PERGUNTA DO CLÁUDIO...

E o jornalista Cláudio Humberto, que soube das lorotas de Eduardo Cardozo na comissão do impeachment, escreveu em sua coluna de hoje uma pergunta que rola na Câmara:

“Advogado Geral da União pode ser acusado por quebra de decoro, no caso de contar lorotas na comissão do impeachment?”

ALIÁS...

Pelo visto, ouvido e relido, o Dr. Cardozo poderá ser conhecido como contador de lorotas... E aqui analisado, ele não foi bem na defesa da Dilma: mostrava-se irritado...

JOGO DURO...

Lendo o artigo do jornalista Carlos Chagas com o título “TANTO IDEOLOGIA QUANTO FISIOLOGIA” extrair este pedaço: “Hoje, ninguém, em sã consciência, será capaz de prever o resultado. Num dia parece certa a defenestração. No outro, não se duvida da permanência.”

TÁ CHEGANDO...

O deputado Rogério Rosso, presidente da Comissão do impeachment, afirma que, se não houver nenhum tipo de suspensão, o relatório deve ser votado pela comissão na semana do dia 5 a 8 de abril e, em plenário, na semana de 11 a 15 de abril.

BOM DIA...

Bom dia meus amigos e amigas de todo o Brasil e de todo o Planeta... Até mais ver!!!

Nenhum comentário: