Busca

terça-feira, 24 de maio de 2016

Briga entre senadores: ele deveria entregar a mulher procurada pela polícia

Por HS

Pare!... Sinal de parada! A que ponto eles chegaram!

O senador Telmário, que é desafeto do Jucá, quer levar o ex-ministro – já exonerado – ao Conselho de Ética do senado. No fundo ele quer a cassação do Jucá... Acho até que o Jucá deveria ser levado ao Conselho e até cassado como aconteceu com Delcídio.

Mas o Juca respondeu: “'Ele deveria entregar a mulher, que é procurada pela polícia.”

Vejam: a mulher Telmário é deputada estadual e foi condenada a quase sete anos de prisão e, segundo Jucá, está sendo procurada pela polícia.

Outra coisa: No Brasil a política familiar não acaba. Vergonha!... Em muitos casos tem a mistura de pai, filho, mãe e esposa todos com mandatos...

Mas vejam a notícia publicada no site da veja:

Jucá dá o troco em desafeto: 'Ele deveria entregar a mulher, que é procurada pela polícia'

Da Veja

Senador Telmário
Instantes depois de anunciar que se licenciará do Ministério do Planejamento, o peemedebista Romero Jucá alfinetou seu desafeto político, o também senador Telmário Mota (PDT-RR), e disse que o parlamentar, em vez de pedir sua cassação no Conselho de Ética, deveria se preocupar em entregar a esposa à Polícia Federal.

A Justiça em Roraima decretou a prisão da ex-deputada estadual Suzete Macedo de Oliveira, esposa de Telmário e já condenada a quase sete anos de prisão. Ela foi penalizada no esquema conhecido como escândalo dos gafanhotos, que consistia em utilizar funcionários fantasmas para liberar a folha de pagamento do estado e embolsar o dinheiro dos salários dos servidores fictícios. "O PDT pode entrar com o que quiser [no Conselho de Ética].

O senador Telmário Mota deve entregar a mulher dele, que é procurada pela polícia", disse Jucá. (Laryssa Borges, de Brasília)

Nenhum comentário: