Busca

domingo, 29 de maio de 2016

Eu e o Espiritismo

Hélcio Silva

(29/05/2016)


Se deixar de chuviscar esse chuvisco gostoso e o sol rei aparecer, brilhando nesta cidade, vou indo caminhando para assistir a uma palestra espírita, aqui pertinho!


Tô intrigado – como eu dizia lá na roça do meu sertão – quando meu miolo ardia.

Agora a intriga é outra! Trago dúvidas dentro da alma sobre os ensinamentos e práticas postas hoje como normas nos estudos da Doutrina Espírita.

Desaprendi?

Há anos estudo a doutrina, com muito mais tempo em minha sala de pesquisa... Faz tempo que comecei e nunca deixei de estudar... Conheço a história do Espiritismo no Brasil.

A doutrina é dinâmica e nunca se sabe tudo sobre ela, pois, nem Kardec conseguiu fechar tudo. Mas, estudando-se com simplicidade é fácil entender-se o essencial. Não é difícil: é de gostosa compreensão.

E vejo hoje tudo tão diferente, complicado: burocrático, principalmente!... Alguns espíritas adoram complicar!

Ontem, as obras de Kardec eram devoradas por estudiosos entusiasmados que se envolviam – em profunda boa vontade – com a evangelização universal do bem, abrindo a porta do espiritismo ao povo.

O povo nunca atrapalhou os que gostam da pesquisa cientifica. O estudo tem uma profunda base científica... Tudo é ciência. Mas não precisa complicar.

Hoje, os estudos são mais fechados e prolongados, com quase as mesmas pessoas. Ai você passa pelas siglas EIDE, ESDE, EADE e GECE... Acho que tem mais!

Complicado?

Pois explico... EIDE (Estudo Introdutório da Doutrina Espírita) ESDE (Estudo Sistematizado da Doutrina Espírita) EADE (Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita) GECE (Grupo de Estudo da Codificação Espírita).

Poderia ser tão mais simples!... Ou não é?

De qualquer maneira vou recomeçar indo de mansinho pelas palestras, passes e água fluidificada para saber se posso reiniciar pelo eide (se me aceitarem)...

Reunião mediúnica?

Essa é para um grupo pequeno e selecionado, em casa onde ainda há esse tipo de prática...  O povão tá fora.

E eu fico pensando e pergunto: O espiritismo não é para o povo, como disse o nosso querido Chico Xavier?...

Mas - quem sabe! - estou errado e tenho que aprender tudo novamente...

Ufa! Não vai ser mole...

Nenhum comentário: