Busca

terça-feira, 17 de maio de 2016

Três dedos de prosa

Por Hélcio Silva 


Na minha terra costumava-se dizer que um dedinho de prosa não faz mal.

Também acho que sim...

Hoje amanheci com vontade de prosar... ou, pelo menos, levantar algumas prosas que vi no face...

Selecionei a do Pedro, a do Eduardo e a da Dilma... Sim!  Tem prosa da Dilma...


Pedro - meu amigo ambientalista lá do Maranhão – mostrou essa habitação (foto) que ainda existe no Estado e faz uma pergunta ao governador: Por que não exigir um programa habitacional do Palácio dos Leões???

Gente! Gente da minha terra e deste meu Brasilzão, infelizmente, ainda há muita gente vivendo esse estado de pobreza que alguns especialistas chamam “situação de miséria”. Esses nosso irmãos não tem água tratada, não tem comida suficiente, não tem seus direitos constitucionais garantidos. Falta escola. Falta saúde pública. Esses nossos irmãos nunca foram a um dentista...

Que bom se o governador do Maranhão, oriundo de classe rica, atendesse ao pedido do Pedro.

Essa situação, porém, não foi criação do atual governo. Ela vem de há muitos anos. Mas, os sucessivos governos, inclusive o atual, nada fizeram para, pelo menos, melhorar esse quadro.

Eduardo, um querido amigo daqui de Curitiba, que ao longo de sua juventude tem lutado por um Brasil melhor, revela, hoje, em sua página do face, uma comparação entre Delcídio e Roberto Jefferson, afirmando que o primeiro está para o Petrolão assim como Roberto esteve para o mensalão. Diz que as histórias contadas pelo Delcídio Amaral não apenas implodiram e esmigalharam o governo Dilma e Lula, mas, estão também sendo confirmadas por Marcelo Odebrecht...

E Eduardo lembra ainda o cerco que Delcídio vem fazendo ao PSDB, PMDB e ao Aécio... E nosso amigo Eduardo assim escreveu hoje em suas linhas no face, encerrando o assunto: “E antes que vocês venham me torrar o saco, ele (o Delcídio) escangalhou também Aécio Neves e o PSDB!!! E também já plantou a implosão do PMDB!!!”

Valeu Eduardo!... Um abraço.

E a Dilma? O que disse a Dilma? O que escreveu no face?

Coitado do Serra!...

Como diria o sapateiro Teodoro - meu velho e saudoso amigo lá da minha terra – “ela escrachou o Serra...”

Mas como não entro em boca de dentes afiados, não entro em água fervendo e nem mergulho em pedras de gelo, transcrevo, abaixo, direitinho, o que ela revelou através de uma nota de sua assessoria, na noite de ontem:

O mundo preocupado com o golpe no Brasil

Na tentativa de justificar o ataque ao Estado Democrático de Direito conduzido por partidos políticos, empresários, oligopólios da informação e corporações, o Ministério Interino de Relações Exteriores do Brasil emitiu notas criticando governos latino-americanos e o Secretário-Geral da Unasul, Ernesto Samper, por denunciarem o golpe parlamentar que afastou Dilma Rousseff da Presidência da República.

A reação de governos estrangeiros e de importantes setores da opinião pública mundial, entre eles o Secretário-Geral da OEA, expressa a indignação internacional diante da farsa jurídica aqui montada. Ao mesmo tempo, revela a preocupação de que essas práticas, travestidas de legalidade, possam se espalhar por outras partes do mundo, especialmente na América Latina, promovendo a desestabilização de governos legítimos e revertendo as grandes conquistas sociais e democráticas alcançadas nos últimos 15 anos.

Forças partidárias, como as que pretendem agora conduzir a política externa brasileira – tradicionalmente submissas às grandes potências – não têm autoridade política ou moral para invocar o princípio da soberania, sobretudo quando têm costumeiramente praticado a ingerência nos assuntos internos de outros países da região.

Governos e povos da América Latina estão também preocupados com as ameaças que o novo ministro recorrentemente fez ao Mercosul e com sua disposição de estabelecer acordos econômicos e comerciais profundamente lesivos ao interesse nacional.

Fieis e gratos à solidariedade que estamos recebendo do mundo inteiro, nos sentimos mais fortalecidos em nossa disposição de resistir ao golpe que se pretende consumar contra nossa democracia.

Assessoria de Imprensa

Presidenta Dilma Rousseff

Nenhum comentário: