Busca

segunda-feira, 24 de outubro de 2016

BORBOLETAS NO ESTÔMAGO

Anaira Mafeoli



Não deixe o tempo zombar de tuas verdades
Agarre-as bem forte e tranque-as dentro do peito.
A frieza das palavras congelam corações mais rápido
Do que temperaturas abaixo de -100 C°
Tudo o que você sabe é apenas uma parte
A parte que você escolheu saber
Porque se tivesse ido mais fundo na História
Teria todas as partes completas.
Você conhece todas as palavras do dicionário?
Todas as fórmulas dos cálculos matemáticos?
Muitas descobertas científicas, se deram por mero acaso.
O que você sabe, você descobriu? Ou disseram a você?
Eu tenho Borboletas no estômago, não sou a única
Elas nunca estão satisfeitas, nunca, nunca...
Quando eu lhe sirvo o almoço, já quer a sobremesa
E quer saber o que tem pra janta...
Talvez você nem imagine, o que é ter Borboletas no estômago
Eu não ouso explicar, é um redemoinho de interrogações
É estar em vários lugares ao mesmo tempo
E ser Jardineira de um Jardim de Explicações.

(Anaira Mafeoli

Imagem: DeviantArt

Nenhum comentário: