Busca

sexta-feira, 28 de outubro de 2016

O poder familiar na política maranhense



Hélcio Silva

(28/10/2016)

No Maranhão, a estrutura do poder político nunca esteve a favor dos mais pobres. Nunca!
O poder familiar é forte...
O filho é vereador... / O pai senador... Ou o pai é deputado federal / o filho é deputado estadual... Mulher em alto cargo público, o marido acaba sendo vereador... Ou de modo diferente, a verdade é a mesma... Tem pai deputado federal, com o filho vereador...
Marido e mulher são prefeitos em cidades diferentes / quase sempre cidades vizinhas...
Política no Maranhão fortalece a família...
Os partidos são usados para o fortalecimento do bem-estar familiar...
O café dessa gente é só com queijo de primeira: não tem café com farinha...
Ou não é assim?
Não sei como chamar esse fenômeno familiar... Talvez, bolsa vereador / bolsa deputado / bolsa prefeito /...  Por que não bolsa política?...
Esqueci! Tem senador que fez do filho deputado federal... Ah! Tem o deputado que criou um partido para fazer do filho vereador, deputado federal e prefeito... E agora luta, luta desesperadamente, para o filho ser bicampeão...
E o jovem prefeito ser novamente carregado nos braços da emoção, em carro aberto do Corpo de Bombeiros, com os correligionários aplaudindo...
E ele com a faixa de bicampeão!
Parece que o mundo do Maranhão é deles!
E essa turma é tudo gente d’agora... Filho daqui e da Paraíba, gente de lá de
 São João do Rio do Peixe!
Essa gente é tão sabida, que o Vitorino foi transformado em pinto rejeitado...

Acorda Maranhão!





Nenhum comentário: