Busca

terça-feira, 1 de novembro de 2016

O Povo de Deus


Crônica das 10

Hélcio Silva 

(01/11/2016)

“Um cristão, político, levando pessoas de vários credos a reconhecer e glorificar ao nosso Deus Vivo em praça pública.
Glórias ao nome do Senhor e a Ele toda a Glória. Deus te abençoe Edivaldo Holanda Junior. Deus abençoe nossa cidade”.

E eu li este texto acima na página do Batista Matos! E eu vi todo o vídeo de curta duração!... E o mantra: “A Deus toda a Glória” – inúmeras vezes repetidas pela multidão, em festa ao eleito...

Foi mais uma festa para o eleito... Nenhuma lembrança sobre as denúncias de fraude, de compra de voto, de uso da máquina pública.

E eu fico a pensar na realidade em que vive o povo da cidade, muitos jovens e crianças sem Escola de qualidade, uma saúde pública precária onde até uma consulta médica é difícil... Uma cidade sem oportunidades de emprego para uma multidão de jovens... Quantos desempregados há na cidade? Quanto foi o custa da eleição?... Uma campanha milionária, eu vi...  E quem não viu?

E vejo agora, nesta manhã, o vídeo mostrando uma praça em hino a cantar o nome de Deus..., e um povo sofrido na periferia pobre da cidade sofrendo... e sofrendo muito, porque o homem da festa teve grandes oportunidades de fazer melhor e nada de grandeza fez... E mesmo assim foi premiado com a vitória...

Mas Deus não esquece seu povo... e vamos seguindo a cantar, pelas ruas e em todo lugar, o Povo de Deus, que Deus não esquece e nem abandona:



O Povo de Deus

O povo de Deus no deserto andava
Mas à sua frente Alguém caminhava
O povo de Deus era rico de nada
Só tinha a esperança e o pó da estrada

Também sou teu povo, Senhor
E estou nessa estrada
Somente a Tua graça me basta e mais nada

O povo de Deus também vacilava
Às vezes custava a crer no amor
O povo de Deus, chorando, rezava
Pedia perdão e recomeçava

Também sou teu povo Senhor
E estou nessa estrada
Perdoa se às vezes não creio em mais nada

O povo de Deus também teve fome
E Tu lhe mandaste o pão lá do céu
O povo de Deus, cantado deu graças
Louvou Teu amor, Teu amor que não passa

Também sou teu povo Senhor
E estou nessa estrada
Tu és alimento na longa jornada

O povo de Deus ao longe avistou
A terra querida que o amor preparou
O povo de Deus corria e cantava
E nos seus louvores Teu poder proclamava

Também sou teu povo Senhor
E estou nessa estrada,

Cada dia mais perto da terra esperada

Nenhum comentário: