Busca

terça-feira, 25 de abril de 2017

Coluna "Quintal de Casa"


Por Hélcio Silva

25 de abril de 2017

Bom Dia - Paz na Terra! Não à violência!



Crianças sem Escola

25 milhões de crianças estão fora da escola em países em conflito... Mais de 25 milhões de crianças entre seis e 15 anos de idade estão fora das salas de aula em zonas de conflito em 22 países. O levantamento do Fundo das Nações Unidas para a Infância, Unicef foi divulgado esta segunda-feira.
Ontem publiquei este fato, que abala e entristece o mundo inteiro... Conflitos e guerras não deveriam mais existir!... Só a Paz acabaria com esse quadro triste.

A realidade brasileira...

O Brasil não está em guerra, mas, também, há muitas crianças sem Escola. A culpa do que acontece aqui é da ganância de uma elite politica que, há anos, desfruta de tudo o quanto é vantagem para si e para os seus, esquecendo que estão no poder para outros fins... Porém, hoje, animados que foram - muitos deles - pela máquina da corrupção, esqueceram-se da Escola, da Saúde, da Segurança Pública... Essa geração politica desse nosso tempo, com algumas raras exceções, nunca pensou no bem social: somente pensou, quis e fez fortuna pessoal e familiar... Tô mentindo?... É só ver os exemplos!!!...

Quando começou...

Não tenho dados e nem conheço, realmente, quando começou o declínio da Educação Publica no Brasil. Nunca se sabe exatamente a data certa... Foi um processo premeditado para beneficiar o ensino privado, porém, gradativo.  Por notícias, no meu tempo de jovem jovial, onde a alegria fazia parte da vida, sabia-se da qualidade do ensino no colégio Pedro II, no Rio de Janeiro... Excelente!!!!... Excelente, também, era o ensino público em São Luís, até o governo Newton Bello. Começou a perder a qualidade a partir do governo José Sarney... O Liceu era padrão de qualidade (lá estudaram: Sarney, Roseana, Zé Reinaldo, Luiz Rocha, Itamar Correia Lima, Alterêdo Calvet Coelho, Waldenir, Mhario Lincoln, “euzinho aqui” e tantos outros)... A Escola Modelo “Benedito Leite", construída no governo Paulo Martins de Souza Ramos, de ensino primário, da 1ª à 5ª série, era uma excelência da excelência... A merenda também de primeira linha... Estudei lá... Zé Reinaldo também estudou... O Jardim de Infância Antônio Lobo, na mesma praça, era padrão... Os ricos botavam seus filhos lá... E os pobres também... Não havia distinção...

No interior do Estado...

Tinha-se notícia da boa qualidade do ensino em vários municípios do Maranhão: Caxias, Coroatá, Rosário, Pinheiro, Codó, São Bento, Vitória do Mearim...  Nesses municípios havia uma preocupação pela qualidade do ensino primário... Como escrevi: havia..., coisa do passado.

Chiquitinho e São João...

Não faz muito tempo - pouco mais de três décadas - quando Chiquitinho era
prefeito de São João Batista havia por parte dele uma empenho muito grande pelo ensino público da cidade. Ele participada na organização até do desfile na semana da Pátria... Ele se interessava muito pela educação das crianças... Gostava de organização nas Escolas... Hoje, francamente, não é mais como era...

O Hino Nacional era cantado...

Naquele tempo de Escola Pública boa, aqui no Maranhão, cantava-se o Hino Nacional. Em São João Batista, além do Hino Nacional, os meninos e meninas cantavam o Hino do Município...  Havia desfile em homenagem à Pátria... Era sempre dia de festa... Alguns municípios ainda mantém a prática, hoje...

Zuleide Bogea e o poeta

Ó Maranhão!...,  terra de grandes poetas! Terra de grandes mestres a mestras!... Quem não se lembra da professora Zuleide Bogea? Mhario Lincoln me fez lembrar, nesta manhã, com um telefonema... Mhario começou sua história, ainda de calça curta, no Jardim de Infância Antônio Lobo, indo continuar o seu saber com a professora Zuleide Bogea, passando depois para a Escola Modelo Benedito Leite, caminhando para o Liceu e, a seguir, para a tradicional e querida Faculdade de Direito, na rua do Sol, formando-se advogado... Hoje é poeta, jornalista, advogado, escritor, músico e amigo de todos...

A Faculdade de Direito...      

Um dia ainda escreverei sobre a Faculdade de Direito da rua do Sol, centro efervescente da política acadêmica do Maranhão, daquela época!... oh!... Tempos bons de política acadêmica. Eu era de outra faculdade! Por lá, pela Faculdade de Direito, passaram: Helena Heluy, José de Ribamar Goulart Heluy, José Maria Tupinambá Moscoso, Luiz Chung, Mário Leonardo, Celso Coutinho, Mhario Lincoln, Lima Filho... e tantos outros...

A Escola Modelo...

Amanhã escreverei mais sobre a Escola Modelo Benedito Leite e lembrarei uma diretora que tanto tempo passou pela sua direção honrando o cargo e a Escola... Contarei, também, alguns outros fatos.

Lula tá com medo...

O advogado Cristiano Zanin Martins, defensor do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, pediu ao ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), que reveja sua decisão de enviar ao juiz federal Sérgio Moro seis pedidos de investigação sobre o petista apresentados pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot. Esses pedidos foram embasados no conteúdo das delações de 78 executivos e ex-executivos da Odebrecht. Moro é o relator dos processos da Operação Lava Jato na primeira instância.

Dilma sabia de tudo...

A marqueteira Mônica Moura, delatora da operação Lava Jato, afirmou nesta segunda-feira em depoimento ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que tratou pessoalmente com a ex-presidente Dilma Rousseff de repasses para a campanha da petista por meio de caixa dois. As revelações de Mônica, casada com o marqueteiro e também delator João Santana, foram feitas em depoimento por videoconferência ao ministro Herman Benjamin, relator do processo que pode levar à cassação da chapa Dilma-Temer, reeleita em 2014.

‘Querem massacrar esse coitadinho de Garanhuns’, diz Lula

Alvo da Operação Lava Jato, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta segunda-feira, 24, que está sendo “massacrado” dia e noite, desafiou os investigadores a provar algum desvio de conduta cometido por ele e afirmou estar ansioso para “falar a verdade”.
“Eu não sou de reclamar, mas ninguém aguenta. São quase 18 horas de Jornal Nacional tentando massacrar esse pobre coitadinho que veio de Garanhuns”, afirmou Lula, no seminário “Estratégias para a Economia Brasileira”, promovido pela bancada do PT na Câmara e no Senado. “Está na hora de parar o falatório e mostrar prova. Quero que saibam que estou com muita vontade de brigar e de fazer a boa briga”, afirmou o petista.

Fui espancado...

Não se assustem... Quem me espancou foi a internet... Ficou mais fora do ar que o governo do Dino... Por isso, a coluna tá saído com atraso, já um pouquinho depois das dez da manhã... Vou indo... Até mais ver!

Nenhum comentário: