Busca

segunda-feira, 8 de maio de 2017

Unicef saúda liberação de 82 meninas sequestradas em Chibok, na Nigéria

Agência da ONU afirmou que está pronta para apoiar esforços de identificação e para realizar exames de saúde; em 2014, 276 alunas foram sequestradas pelo grupo terrorista Boko Haram, mais de 100 continuam em cativeiro.

Edgard Júnior, da ONU News em Nova Iorque.

O Fundo das Nações Unidas para a Infância, Unicef, saudou a liberação, neste sábado, de 82 meninas sequestradas pelo grupo terrorista Boko Haram na Nigéria, em 2014.
Há pouco mais de três anos, integrantes do Boko Haram atacaram uma escola em Chibok, no nordeste do país, e raptaram 276 alunas, sendo que dezenas conseguiram escapar.

Abuja

Segundo a ONU, antes da liberação das meninas neste fim de semana, cerca de 195 estudantes estavam ainda em cativeiro.
A representante do Unicef na Nigéria, Pernile Ironside, afirmou que a agência da ONU está pronta para apoiar os esforços de identificação e também para realizar exames de saúde.
O sequestro causou uma comoção mundial e uma campanha viral nas redes sociais pela libertação do grupo, conhecida como #BringBackOurGirls.
Segundo as agências de notícias, as meninas já estão Abuja, capital nigeriana, onde serão recebidas pelo presidente Muhammadu Buhari.
O Unicef pediu ao grupo terrorista que ponha um fim a todas as violações cometidas a crianças, especialmente abusos sexuais e casamento forçado.


Nenhum comentário: