Busca

segunda-feira, 19 de março de 2018

Galáxia do amor

Uma crônica em devaneio

Hélcio Silva

(19 / 03 /2018)



Onde está a galáxia do amor?!
Que não acho, que não vejo
Que procuro com fervor
Neste cosmo espiral, entre clarões e seus lampejos

Onde está a galáxia do amor?!
Que ainda aqui não chegou /
Que pra cá um dia vem  /
Com o amor divino do aconchego
Que a gente quer, mas "nóis" não tem

Por 100 milhões de anos-luz, pelo espaço leitoso
Entre poeira e raios cósmicos, eu caminho sem parar
Vejo anjos e arcanjos
Não vejo Deus, queria vê-Lo...
Mas vejo luzes tão brilhantes
Entre nuvens de estrelas cintilantes!

Dois trilhões de galáxias no Universo a voar
E a galáxia do Amor
Que estamos a procurar
Um dia, nosso Deus amado
Vai trazer pro nosso Lar!

Nenhum comentário: