Agências Nacionais e Internacionais

Loading...

Municípios do Maranhão

Loading...

Busca

Carregando...

sexta-feira, 31 de outubro de 2014

Bilhete ao Generaldino ( 9 )

São Luís, 31 de outubro de 2014
Caro Generaldino, um bom dia e muita paz


Passei pela noite com muitas dores nas principais articulações do corpo (juntura dos ossos!!!). 

Sem dormir, baqueado, pensei em nada escrever nem postar matéria no face ou no blog. Mas, com algumas poucas melhoras, vou tentando cumprir com o meu dever.

Ontem, circularam notícias de uma decisão do PSDB de apresentar ao TSE um pedido de auditoria especial sobre a última eleição.

Com respeito a esse processo eleitoral eu também tenho minhas dúvidas. 
Muitos brasileiros as têm.

Por isso, meu caro Generaldino, permita-me inserir neste bilhete a nota oficial dos tucanos sobre o assunto, que, diga-se a bem da verdade, interessa a todos os brasileiros:

Nota à Imprensa

Foi com muita ansiedade que a nação brasileira aguardou o anúncio do resultado da eleição presidencial, em segundo turno, no último dia 26 de outubro. Enquanto aguardava, em todos os cantos deste país começaram a ser apresentadas denúncias sobre fatos ocorridos durante a votação, principalmente com relação à própria totalização dos votos.

Temos absoluta confiança de que o Tribunal Superior Eleitoral – TSE - cumpriu seu papel, garantindo a segurança do processo eleitoral. Todavia, com a introdução do voto eletrônico, as formas de fiscalização, auditagem dos sistemas de captação dos votos e de totalização têm se mostrado ineficientes para tranquilizar os eleitores quanto a não intervenção de terceiros nos sistemas informatizados.

Diante deste quadro de desconfiança por parte considerável da população brasileira, o Partido da Social Democracia Brasileira – PSDB - decidiu apresentar ao TSE, no dia de hoje (30/10), um pedido de auditoria especial, por meio de uma comissão formada por pessoas indicadas pelos partidos políticos, objetivando a fiscalização dos sistemas de todo o processo eleitoral, iniciando-se com a captação do sufrágio, até a final conclusão da totalização dos votos.

Este pedido objetiva, acima de tudo, manter a confiança dos cidadãos brasileiros em suas Instituições e na nossa democracia, pois é este o elemento indispensável para que a legitimidade dos poderes constituídos seja preservada.

Reiteramos nossa confiança na Justiça Eleitoral. Portanto, o que pretendemos com essa medida judicial é garantir que todo e qualquer cidadão também possa ter a certeza de que nossos representantes políticos são, de fato, aqueles que foram escolhidos pelo titular da soberania nacional: o povo brasileiro.

Diretório Nacional do PSDB

Um abraço de Hélcio de Jesus, filho de Upaon-Açu.


quinta-feira, 30 de outubro de 2014

Renan descarta votação de 'pauta-bomba' no Senado

Da Agência Senado




O presidente do Senado, Renan Calheiros, disse nesta quinta-feira (30) que o Senado não votará matérias que comprometam o equilíbrio fiscal das contas públicas.
- Não haverá pauta-bomba no Senado. Temos uma aliança e ela vai preponderar haja o que houver. Mas aliança não significa pensar igualmente sobre tudo - explicou.
Renan Calheiros destacou a necessidade de um entendimento entre Congresso e Executivo na criação de uma agenda nacional que leve em conta os interesses do país
- Chegou a hora de esfriar os ânimos. As eleições passaram. É hora de construir uma convergência, uma agenda nacional. Mas isso não cai do céu, precisa de mais interlocução de lado a lado. O Congresso fez sua parte e está aberto ao dialogo - disse.
Renan também confirmou a votação em Plenário, na próxima quarta-feira (5), do projeto que altera o indexador das dívidas dos estados com a União (PLC 99/2013). A troca do indexador é uma reivindicação antiga dos governadores e prefeitos.
O projeto foi apresentado pelo Executivo e começou a tramitar na Câmara dos Deputados no início de 2013.  O texto original prevê a troca do atual indexador das dívidas, o Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna (IGP-DI), pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), mais juros anuais de 4%.
- Já havia um acordo firmado antes do segundo turno de que a troca do indexador seria votada no Senado. Há um acordo quanto a esse calendário - lembrou.


Angu feio na escolha para os cargos

Não é nada com os cargos para o Governo do Maranhão, pois, lá na minha terra, onde cantava o sabiá de Gonçalves Dias, sai tudo gota a gota, um pingo de cada vez: coisa de comunista sem experiência...
O rolo grosso tá no governo da Dilma...
A República tem 39 ministérios... Exagero!...  Mas, pelo visto e pela ganância aos cargos, a Dilma não sabe ainda como vai montar a equipe. Somente para os dois partidos gulosos - PT e PMDB - teriam que aumentar o número de ministérios... E ainda tem o restante da base: ninguém quer ficar de fora... Há mais demandas do que cargos disponíveis... 
E leio agora uma notícia de lá de um jornal do Rio de Janeiro informando que a presidenta petista sofre pressão do empresariado e do mercado financeiro, que jogaram contra sua reeleição, e gostariam de ter nomes nos ministérios da Fazenda e do Desenvolvimento que significassem mudanças das políticas econômica e industrial.


Eu vou passar a notícia tal como acabei de ler: Sarney será Ministro da Cultura

Da Mídia News


A pedido do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva (PT), o senador José Sarney (PMDB) poderá ser o novo ministro da Cultura na próxima gestão de Dilma Rousseff (PT).

A informação consta no blog do jornalista político Hélio Fernandes, do Tribuna da Imprensa. Conforme o jornalista, a notícia é dada com "pesar".

Ao convite, Sarney teria respondido que aceitaria o convite e, seria, ao mesmo tempo, presidente da Academia Brasileira de Letras.

Abaixo, a íntegra do que escreveu Fernandes:

PS5- Noticia que dou com pesar: Lula pediu a Dilma para convidar José Sarney para Ministro da Cultura. Ela já convidou ele aceitou, e acrescentou; “Serei Ministro e ao mesmo tempo presidente da Academia”.


PS6- Alguém comentou: “Para presidir a Academia é preciso morar no Rio”. Resposta rápida do senador (ainda) sem constrangimento: “Rui Barbosa presidiu a Academia morando na Bahia” .


Lobão Filho e a Mágoa com os Sarneys...

Os Sarneys não queriam Lobão Filho



Fica na cara e bem esclarecido que a turma do Sarney não foi pra luta pela campanha do Lobão Filho. Só não viu quem não quis ver... Um ex-deputado, amigo meu de algumas datas e ligado ao grupo da sarneyzada, me falou que o Sarney queria o João Alberto como candidato. Cheguei a divulgar este fato..., sem revelar a fonte. Havia uma conspiração contra Lobão Filho envolvendo poderosos cardeais do coronel...

Hoje, em sua coluna, Cláudio Humberto revela a mágoa de Lobão Filho:

"Derrotado para o governo do Maranhão, Lobão Filho (PMDB) é um poço de mágoas com a família Sarney, que não se envolveu na disputa. E facilitou a vida do governador eleito Flávio Dino (PCdoB)."


Alta dos juros... O PT passou a campanha toda mentindo...


Três dias após a reeleição de Dilma, BC sobe juros para 11,25%..., tudo para tentar segurar a inflação que a candidata do PT passou toda campanha dizendo que estava sob controle... O PT passou a campanha toda mentindo...

Bilhete ao Generaldino ( 8 )

São Luís, 30 de outubro de 2014
Caro Generaldino, um bom dia e muita paz


Até o governo do Dr. Newton Belo, o Maranhão era um Estado produtor, com sua agricultura fortalecida, e tinha uma economia equilibrada: finanças sem grandes problemas.

Com a pose do Dr. José Sarney, em 1966, eleito com uma votação consagrada e ajuda do regime militar, houve uma febre de mudança e perseguição. Newton Belo foi logo cassado. Esmagaram o newtismo, e a oposição ficou enfraquecida. Sarney era um Deus. Ganhou eleição com o povo dançando e cantando pelas ruas da cidade:  “meu voto é minha lei / governador José Sarney”...

Era a mudança!

Cafeteira fazia de conta que era oposição, tudo combinado com o Sarney!...

Os anos foram passando...  Aí, chegou o Castelo usando um bigode igual ao do Sarney, com uma forte propaganda dizendo “Sarney é Castelo / Castelo é Sarney”...

Era o Maranhão Novo ou o Novo Maranhão!...  Vibração total...

Como governador, Castelo passou a ser o delegado da ditadura no Maranhão...

Outro governador - o Lóia – (Luiz Rocha) - afirmava ser a régua e o compasso do Sarney...

Não esqueçam que também chegou o Zé Reinaldo assumindo importantes cargos, inclusive de Ministro e Governador, tudo pelas mãos do coronel...

O coronel mandou no Maranhão mais do que Vitorino... O Vitorino foi candidato a vice-presidente da República na chapa de Cristiano Machado e perdeu eleição... O coronel foi presidente...  

Mesmo sendo presidente, o Sarney nada fez de importante pelo Maranhão; a não ser deixar o nosso Estado na pobreza em que se encontra, com uma dívida pública do tamanho do bonde: quase impagável...

Pelo bem da verdade, pelo direito e pela justiça, precisa ser dito que os maiores responsáveis por essa dívida Pública do Maranhão são os então (nas respectivas  épocas) governadores Zé Reinaldo e Roseana Sarney, ambos chegando ao poder pela força do coronel...

Como eu afirmei no início que até o final do governo de Newton Belo o Maranhão era um Estado produtor, hoje, até o inocente e vermelhinho tomate que a gente bota na salada vem de fora...

Agora, chegou o Flávio Dino com o mesmo blá-blá-blá de mudança... Tomara que não seja igual à mudança anunciada pelo coronel em 1966...

Um abraço de Hélcio de Jesus, filho de Upaon-Açu.


quarta-feira, 29 de outubro de 2014

Prefeito de Curitiba extingue secretarias e determina corte de 10% no custeio


O prefeito Gustavo Fruet assinou nesta quarta-feira (29) decreto que institui o Programa de Melhoria da Receita e do Gasto Público. O texto prevê uma série de medidas de austeridade. Entre elas, o corte de 10% nas despesas de custeio de todas as secretarias e órgãos da administração direta e indireta, a extinção de secretarias – Relações com a Comunidade e Habitação – e a devolução de veículos oficiais.

O novo decreto veda ainda a criação de cargos comissionados ou funções gratificadas e restringe as viagens de membros da administração apenas às destinadas a obtenção de receita.

“Desde que assumimos estamos tomando uma série de medidas para eliminar gastos e ampliando a qualidade do serviço prestado. Isso é gestão eficiente. Herdamos uma dívida de quase meio bilhão de reais da administração anterior e isso também tem que ser equacionado”, explica o secretário de Planejamento e Administração, Fábio Scatolin.

Líder do PSDB recusa acordo com governo “falido” e “corrupto”


“Não faço acordo, não quero ser sócio de um governo falido e nem ser cúmplice de um governo corrupto.”, frase do senador Aloysio Nunes, lider do PSDB, em discurso na tribuna do Senado, sobre o governo petista de Dilma.

Renan diz que suspensão dos conselhos populares deverá ser mantida no Senado

O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), comentou a decisão da Câmara dos Deputados, que na noite desta terça-feira (28),  derrubou o decreto da presidente da República, Dilma Rousseff, criando os chamados Conselhos Populares. Em votação simbólica, os parlamentares aprovaram um projeto de decreto legislativo apresentado pelo DEM que susta a aplicação do texto editado por Dilma.
  



Renan Calheiros avaliou que não há relação entre o resultado das eleições e  a aprovação do projeto pelos deputados, derrubando a iniciativa do Palácio do Planalto. O presidente do Senado alertou que o Legislativo já tinha apontado posição nesse sentido antes mesmo do início da campanha eleitoral  e sinalizou que o Senado deverá manter a decisão da Câmara. “Esse assunto dificilmente passará. Trata-se de um projeto polêmico que encontra muitas resistências no Parlamento, tanto na Câmara quanto no Senado”, explicou Renan.
O decreto 8243/2014 sofreu críticas desde que foi editado pelo Palácio do Planalto, em maio deste ano. A proposta  institui Política Nacional de Participação Social (PNPS) e estabelece a consulta a conselhos populares por órgãos do governo antes de decisões sobre a implementação de políticas públicas.
Dívida dos Estados
Renan Calheiros reiterou que quer incluir na pauta da semana que vem o projeto de lei que alivia a dívida dos estados com a mudança do indexador das dívidas.
“Este é o assunto prioritário no Senado, temos o compromisso do governo com a  sanção deste projeto, que entraria na pauta do Congresso logo após as eleições e assim vamos proceder”, afirmou Renan.


De Remi para Chiquinho Escórcio

Refletindo eu com os resultados das eleições proporcionais do Maranhão em 2014, muito me alegro pelos companheiros que foram eleitos, mas como sei que a vitória apaga qualquer dissabor existente no meio do caminho, me volto àqueles que não obtiveram êxito nas urnas. Dentre os quais encontrei um, que a meu ver foi demasiadamente injustiçado pelo “sistema eleitoreiro” atual, o Deputado Federal Chiquinho Escórcio(PMDB/MA).
 Vim defender uma pessoa que fez um trabalho extraordinário, que dedicou seu tempo, e todo seu mandato em prol da cidade de Imperatriz com a realização de inúmeras obras como a ampliação da Estação de passageiros do Aeroporto, A Duplicação da Travessia Urbana, Aquisição de um ônibus equipado para tratamento preventivo do câncer de mama, pele, útero e próstata; Acesso à praia do Cacau, Construção do Novo Mercado do Peixe, Ampliação do Teto da Saúde para aproximadamente 40milhões, Ampliação do Efetivo e dos equipamentos do Corpo de Bombeiros, Instalação de mais 10 UTIS em Imperatriz, entre outras e foi esquecido nas urnas. Não pela população, mas pelos dirigentes que usurparam os méritos deste, só por fazer parte de um grupo contrário e o fizeram esquecido diante do povo. E isto é reflexo de uma população avessa à gestão proporcional, que é muito importante para o bom andamento dos majoritários. Um prefeito jamais terá êxito em um mandato sem bons vereadores, assim como os governadores precisam dos deputados estaduais e o presidente precisa dos senadores e deputados federais. Contudo, os olhos da população só atentam, quando muito, para prefeitos, governadores e para o presidente da República, deixando o voto proporcional, na maioria das vezes “descriteriado” de ideologia e caráter político. Nós, como cidadãos de uma Democracia de Direito precisamos estar atentos à gestão pública em todas as instancias e perceber que somos indispensáveis para o crescimento e fortalecimento de nosso município, Estado e Nação.
 E ao meu amigo Chiquinho, os meus parabéns, por exercer de forma correta e com paixão o mandato que finda agora. Abraços do Amigo Remi Ribeiro.


Remi e Escórcio

Roberto Freire: Câmara manda recado a Dilma de que não tolera projetos autoritários

Por: Assessoria de Imprensa do PPS     


O presidente nacional do PPS, deputado federal Roberto Freire (SP), classificou como uma “grande vitória da democracia” a aprovação do projeto que derruba o decreto presidencial que retiraria prerrogativas do Parlamento brasileiro. Segundo ele, o dispositivo criado apenas por uma canetada da presidente Dilma Rousseff é autoritário e foi rechaçado pela Câmara dos Deputados.

A proposta que susta o dispositivo que cria os chamados conselhos populares foi aprovada por ampla maioria no plenário da Casa, na noite desta terça-feira. Apenas PT, PSol e o PCdoB queriam a manutenção do decreto palaciano.

“Foi uma grande vitória da democracia a derrubada deste decreto que atenta contra a democracia representativa. Além de derrotar a presidente nas suas veleidades antidemocráticas, a Câmara manda um recado de que o governo de Dilma e o PT não aprovarão aqui projetos autoritários”, disse Freire.

É a primeira derrota da presidente Dilma Rousseff no Congresso Nacional após sua reeleição, no último domingo.

“Projetos antidemocráticos não terão sucesso na Casa, inclusive, aqueles atentem, por exemplo, contra liberdade de imprensa, entre outros tantos”, concluiu o presidente nacional do PPS.


A nova bancada sarneysta na Assembleia... Como será?

A nova bancada sarneysta na Assembleia Legislativa do Maranhão poderá ser, logo agora ou mais na frente, de apenas três deputados: Roberto Costa, Adriano Sarney e Andrea Murad...  Os demais, para o novo "dino/astia", regime político de amigos da renovação... Viva a mudança!... 
Não!... Estou enganado... Toda a bancada sarneysta vai ficar unida, até o fim, com o grupo..., fazendo dura oposição aos dinistas...


Bilhete ao Generaldino ( 7 )

São Luís, 29 de outubro de 2014
Caro Generaldino, um bom dia e muita paz


A gente vai ficando velho e também de vista curta. A pergunta é inevitável: Será “ki” estou enxergando bem?

Abro o meu blog. Olho para a direita onde está a lista de meus blogs favoritos e, com o meu olhar de vista turva, vejo dois deles afirmando a mesma notícia: “Prefeito e filho (filho do prefeito) acusados do desvio de  R$ 1 milhão da prefeitura de Lago Verde, no Maranhão...  O filho citado é o tesoureiro da prefeitura".

Notícia envolvendo desvio de dinheiro púbico virou moda.

O Mensalão, o Lava Jato, a sangria contra a nossa Petrobras, pagamentos de propinas e outras coisas mais envolvendo figuras importantes do partido que governa o País, no comando da Nação há 12 anos, foram os principais temas da campanha eleitoral ... E a candidata do partido grande e do governo grande foi reeleita... Inclusive, a bem da verdade, com uma votação vitoriosa e consagradora em Minas Gerais, terra do opositor.

Ah! Esperem... Tem mais...

O prefeito da minha cidade, que é do PTC e com quase dois anos de administração sem cumprir uma só promessa jurada em palanques, entrou em estado de graça...  “Prefeito Edivaldo Holanda Junior em Estado de Graça pela vitória de Dilma Rousseff”.
As grandes lideranças políticas do Maranhão formadas das misturas dos simpatizantes e componentes do grupo do senador Sarney e do grupo do futuro governador Flávio Dino também estão em estado de graça...

Todos abençoados!... Todos engraçados!!!  

Um abraço de Hélcio de Jesus, filho de Upaon-Açu.


terça-feira, 28 de outubro de 2014

Ministro do STF autoriza prisão domiciliar para José Dirceu

Do Jornal do Brasil 

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso autorizou nesta terça-feira o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu a cumprir em casa o restante da pena de 7 anos e 11 meses de prisão a que foi condenado no processo do mensalão.
Dirceu foi preso no dia 15 de novembro de 2013 e ainda não completou um sexto da pena. Mas ele trabalhou 142 dias fora do presídio e, por isso, a Justiça descontou esses dias.
Agora, José Dirceu deve ser convocado para uma audiência na Vara de Execuções Penais do DF, possivelmente na próxima terça-feira (4). Na reunião com o juiz, serão estabelecidas as regras de cumprimento da prisão domiciliar e o ex-ministro sera liberado para ir para casa.
O ex-ministro já passou 11 meses e 14 dias no regime semiaberto. Desde o dia 3 de julho, ele trabalha no escritório do advogado Gerardo Grossi, em Brasília.
O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, já tinha opinado a favor da autorização para que Dirceu cumpra o resto da pena em casa, por ter bom comportamento carcerário. 
Outros quatro condenados no mensalão já conseguiram progressão de regime: o ex-presidente do PT José Genoino, o ex-tesoureiro do partido Delúbio Soares, o ex-tesoureiro do extinto PL Jacinto Lamas, e o ex-deputado federal Bispo Rodrigues. 
O ex-deputado federal Valdemar Costa Neto também já pediu para cumprir a pena em casa e aguarda decisão do Supremo.