Busca

domingo, 19 de fevereiro de 2017

O Leviatã, de Hobbes ao senador Lobão

LEONARDO ATTUCH

(17 de fevereiro de 2017)

Do Portal 247


Publicado em 1651 pelo filósofo Thomas Hobbes, o livro Leviatã é uma das obras mais importantes do pensamento político moderno. Partindo do princípio de que os homens são egoístas e tendem a guerrear entre si, Hobbes propõs um soberano ou um estado forte para garantir a paz social, por meio da coerção.

Da frase mais famosa do Leviatã, a de que "o homem é o lobo do homem", veio a inspiração para a primeira operação da Polícia Federal sob o comando do ministro Edson Fachin, que substituiu Teori Zavascki como relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal. O alvo explícito foi o senador Edison Lobão (PMDB-MA), acusado pela Andrade Gutierrez de recolher a propina de 1% do PMDB nas obras do setor elétrico, utilizando o próprio filho, Márcio Lobão.

Um Planeta ameaçado

De HS, direto da Ilha de São Luís para o Mundo...


Se acabarem os mares, não haverá mais vida no Planeta. Se os rios morrerem todos, não haverá mais vida no Planeta. Quando não houver mais uma só árvore, não haverá mais vida no Planeta. Quando o ar se transformar em veneno poderoso, a vida desaparecerá do Planeta...

Um momento!... Silêncio! Sabem que dia é hoje? 19 de fevereiro do ano de 2017 - domingo! -... Quantas toneladas de lixo, só hoje, irão para os oceanos? Quantas toneladas de plásticos os mares receberão, somente hoje?

Vejo, olho..., meus olhos estão a ver e ler um noticiário da ONU, de autoria da jornalista Laura Gelbert Delgado...

Não imploro, apenas peço que leiam a notícia abaixo, e que cada um reflita... Só isso... Leiam:

Em 2050, oceanos podem ter mesma quantidade de

peixes e plástico

Alerta é do embaixador de Portugal junto às Nações Unidas, que é um dos organizadores de encontro preparatório para Conferência sobre Oceanos em junho; ONU lançou plataforma online para recolher compromissos voluntários sobre tema.


Laura Gelbert Delgado, da ONU News em Nova Iorque.

Se nada for feito para combater a poluição, em 2050 mares e oceanos podem ter a mesma quantidade de peixes e plástico. O alerta foi feito à ONU News pelo embaixador de Portugal junto às Nações Unidas.

Álvaro Mendonça e Moura é um dos organizadores de um encontro preparatório para a Conferência sobre os Oceanos que será realizada entre 5 e 9 de junho.

Poluição

"O que nós devemos pensar é que cada um de nós tem alguma responsabilidade em contribuir para controlar a poluição dos mares e dos oceanos. E, portanto, nós gostaríamos que houvesse parcerias, compromissos concretos que resultassem dessa conferência. Deixe-me dar-lhe um exemplo que eu acho que tem algum impacto para quem nos ouça. Se nós continuarmos no ritmo atual dos mares e oceanos, em 2050 haverá tanto peixe nos oceanos como plástico."

Falando sobre as expectativas para a conferência de junho, o embaixador citou duas questões: "uma declaração política que comprometa os Estados numa aceleração do caminho para a Agenda 2030" e parcerias relacionadas aos oceanos.

O embaixador disse ainda esperar que a conferência seja um motor para ajudar a todos a manter a saúde dos oceanos.

Ações concretas

Pedindo ações concretas para proteger os oceanos, a ONU lançou uma plataforma online para recolher compromissos voluntários de Estados-membros, empresas, sociedade civil, sistema das Nações Unidas e outras instituições que possam contribuir para implementação do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável 14.

A meta trata da conservação de mares e oceanos e do gerenciamento de recursos marinhos e é tema central do encontro mundial que será realizado em junho.

Quebraram a Previdência...



Saiu no Brasil de Fato:
Empresas devem mais de R$ 426 bilhões à Previdência...
Entre os maiores devedores encontram-se empresas que já fecharam...

São empresas públicas, privadas, fundações e entes da federação que devem ao Regime Geral da Previdência Social mais de R$ 426 bilhões. O valor é quase o triplo do déficit no INSS, que foi de cerca de R$ 250 bilhões em 2016, de acordo com o governo federal.

*******

E agora o Temer quer botar o prejuízo nas costas do povo...

Mais pobres



O Banco Mundial estima que o Brasil poderá ter 3,6 milhões de "novos pobres" em 2017. Para conter o aumento do número de pessoas que vivem com renda de até R$ 140 mensais, a instituição recomenda que o governo brasileiro amplie o orçamento previsto do Programa Bolsa Família para R$ 30,41 bilhões.

Coluna do Jersan

O juiz Moro e a Lava Jato

Por João Batista Azevedo (Interino)



A primeira fase da Operação Lava Jato foi deflagrada em março de 2014. Passados três anos, as denúncias se acumulam, mas nenhum político com foro privilegiado foi condenado no Supremo Tribunal Federal (STF). Apenas quatro viraram réus.
Na tentativa de afastar críticas de intervenção na operação, o presidente Michel Temer prometeu, na segunda-feira, que afastará definitivamente ministros do seu governo que venham a ser processados dentro da Lava Jato - mas como os números mostram, pode demorar muito para que isso eventualmente ocorra.
Em contraste, o juiz Sergio Moro já condenou 87 pessoas, algumas mais de uma vez, por diferentes crimes, totalizando 125 sentenças. Entre eles estão políticos sem mandato e que, portanto, perderam o foro, como o ex-ministro José Dirceu (PT) e o senador Gim Argello (ex-PTB).

sábado, 18 de fevereiro de 2017

Os nossos direitos


Hélcio Silva

(18 / 02 / 2017)

A palavra edifica ou destrói, dependendo do uso, da finalidade / O silêncio tímido te escraviza / Sede, vós, fortes na palavra e não permitais a covardia do refúgio...

Sozinho, reclamei, protestei, pedi respeito ao direito de ir e vir (artigo 5º, XV, da C.F )... Conversei com um policial, que me apoiou timidamente com o olhar...

O fato:

Aproximadamente 15 horas da tarde de hoje (18 / 02), uma grade de ferro e um carro (Scânia) da Serv Som interditaram a avenida Contorno Norte, no Cohatrac IV, a partir do Colégio Solução.

Tomaram conta do pedaço!

O local estava, pelo visto, reservado para o Carnaval desta noite, com muito som (alto) e bebida... e outras coisas.

Os ditos organizadores presentes diziam ter a devida licença das autoridades competentes...

A área, onde vai ser o evento, é residencial e comercial, com colégios e Igrejas.

Quem por aqui mora não vai ter sossego... Os mais prejudicados serão as crianças e os idosos... Poluição sonora vai ser por toda noite...

O carnaval pode e deve existir, mas sem abuso, sem ferir o direito das pessoas...

E as nossas autoridades, o que fazem?

O DIA “D” DA LAVA JATO


FAVECO CORRÊA

Se a turma do império, que está contra-atacando com força total, imagina que a sociedade não está percebendo suas manobras para sufocar a Lava Jato, está redondamente enganada.

Dia 26 de março, em manifestação convocada pelos movimentos MBL e Vem Pra Rua, coadjuvados pelos grupos Nas Ruas e Movimento Liberal Acorda Brasil, vamos todos para a rua mostrar para estes safados que a sociedade não está morta e que não aceita este tipo de empulhação para livrar a cara dos amiguinhos corruptos que abundam o legislativo e o executivo, para não citar outros poderes da República cuja reputação e credibilidade estão a perigo. Basta ler o que disse o ministro Gilmar Mendes, do Supremo, que quer transformar prisões preventivas em temporárias: “temos um encontro marcado com essas alongadas prisões que se determinam em Curitiba...”. Não sou advogado, mas aprendi na escola de direito de Pelotas, que frequentei, que prisão temporária tem prazo de duração de 5 dias, enquanto que prisão preventiva não tem prazo pré-definido. Talvez os poderosos políticos e empresários hoje inquilinos do sistema prisional não estejam gostando muito do “passadio”, como diria minha Tia Fifina, e tenham reclamado ao Ministro para que os tire dessa. Acostumados a champanhe e caviar, não devem estar gostando muito do bandejão; habituados a morar em suntuosas mansões que compraram com o dinheiro público roubado, devem estar achando os beliches desconfortáveis. Coitadinhos.

Coitados somos nós, povo brasileiro, espoliado por esta malta de malfeitores que assola o país.

Nelson Rodrigues dizia que um dia seríamos governados por imbecís, pois eles são muitos. Ele não imaginava que um dia seríamos governados por corruptos, pois eles são muitos e não tem nada de imbecis...

Só para citar um dos últimos acontecimentos que nos horrorizam, quem poderia imaginar que um dia a Comissão de Constituição e Justiça do Senado Federal seria presidida por um Edson Lobão, de longa e conhecida trajetória nos meandros da corrupção, desde os tempo de seu padrinho José Sarney, este tão bem retratado no livro Honoráveis Bandidos, de Palmerio Doria, editado pela Geração Editorial. Entre outras barbaridades, Lobão declara ser constitucional o caixa 2. (???).

Orgulho e satisfação



Padre Marcelo Rossi

Do Jornal O Tempo BH

Olá, amados! Que todos tenham um domingo de renovação da fé. Renovação, uma palavra abrangente e muitas vezes necessária em diversos momentos de nossas vidas. Com esse espírito vamos hoje orar e agradecer pelos 50 anos da Renovação Carismática Católica, iniciativa que renovou nossa igreja, renovou nosso amor a Deus e, por que não dizer, renovou nossa Fé. Por isso, hoje, vamos colocar em nossa oração muita alegria e, por que não dizer, muito orgulho de fazer parte de um movimento tão sério e importante.

Nascida nos Estados Unidos na década de 1960, a Renovação Carismática Católica ultrapassou fronteiras e ganhou o mundo, contagiando todos com a alegria de celebrar Jesus Cristo em nossas vidas. Com esse movimento, a igreja deixou de ser austera e passou a ser alegre, mostrando a todos que celebrar Jesus é motivo de felicidade e levando aos corações do povo o êxtase de trazer Cristo para nosso dia a dia.

Poesia de Anaira



A ILHA DA LOUCURA

Na Ilha da Loucura
A Chuva é de Sangue
E as Árvores são de Algodão Doce
As Pessoas não mentem
Elas dizem a verdade, doa a quem doer
As casas são feitas de pelos de Animais
Que morrem de velhice
Não existe tecnologia
Tudo é manual

Poema de Lucinda



Pingos d'água
reflexos de luz solar
são riscados de estrelas
tudo que vejo
me traz pedaços de céu
nascidos dos sonhos que
tenho a partir de ti...

(Raimunda Lucinda Martins)

Um poema de Gláucia Campos

Hoje é sábado!
A chuva fina engrossa, anunciando mais um dia de tempo com muita água..., nesta ilha de São Luís.
E eu lendo o poema de Gláucia Campos - Amor de Mãe.
Já está no meu face, desde ontem... E o publico ao amanhecer desta manhã, aqui no blog:

Amor de mãe


É um amor imensurável!
Um amor profundo
um amor puro, sem limite
Jamais explicado!

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

Mais de 1,1 mil PMs do Espírito Santo responderão a inquéritos



A Polícia Militar (PM) do Espírito Santo informou que foram publicados, nesta sexta-feira (17), os atos relacionados a 1.151 agentes que responderão a inquérito policial militar por crimes de revolta ou motim. A corporação tem um efetivo de 10 mil homens no estado.

Justiça suspende bloqueio de bens da Odebrecht

Da Agência Brasil


A Justiça Federal em Curitiba decidiu hoje (17) suspender o bloqueio de bens da empreiteira Odebrecht. O bloqueio havia sido decretado em novembro do ano passado, no âmbito da Operação Lava Jato. A decisão foi proferida pelo juiz Friedmann Anderson Wendpap, da 1ª Vara Federal da capital paranaense.

CARNAVAL É FICAR LIVRE DA CARNE?

Fátima Moura*


Carnaval, considerada a maior festa popular da Humanidade, surgiu na Antiguidade entre os povos hebreus, gregos e romanos. Eram festejos pagãos que serviam para celebrar colheitas e louvar a alguns Deuses, inclusive Saturno, deus da Agricultura, através das comemorações chamadas "saturnais". Em carros alegóricos, que levavam homens e mulheres nus, o povo enlouquecido e envolvido por aquelas vibrações inebriantes, deixava entrever o “carnis levale”, que significa "retirar ou ficar livre da carne", a fim de viver intensamente aquele momento regado de paixões delirantes. Tudo era possível, tudo era permitido. Segundo historiadores, era a preparação para um grande período de abstinência e que viria logo após aquela festa, numa tentativa da Igreja Católica se enquadrar numa festa pagã.

Ética civil soberana

Toda a sociedade está desafiada a redesenhar ou retomar o horizonte ético e moral, que deve orientar desde as práticas mais simples do cotidiano até o respeito incondicional a leis e normas.


Dom Walmor Oliveira de Azevedo
Arcebispo Metropolitano de Belo Horizonte – MG

A sociedade convive com a lamentável perda da soberania da ética que, gradativamente, deixa de presidir a conduta cidadã e os funcionamentos institucionais diversos. E quando se desconsidera a soberania da ética, perde-se a credibilidade e a possibilidade de corrigir rumos. As consequências são as derrocadas que vão corroendo o tecido social e político. Não se confia mais no que deveria ser inquestionável: a palavra das pessoas, inclusive de líderes. Tornam-se escassos os que são merecedores de reconhecimento. E cada vez mais raras são as práticas alicerçadas em princípios que convençam os indivíduos, no mais recôndito de suas consciências, a agir conforme os valores que refletem o respeito incondicional à soberania da ética.