Busca

sábado, 3 de dezembro de 2016

Força Chape... Todos somos Chapecoenses




No coração de todos / somos todos chape / a solidariedade / o amor / o reconhecimento // Os anjos guerreiros estão no céu / deixaram saudades em verde e branco / esperança e paz / Um abraço de solidariedade aos irmãos de Chapecó...
Um abraço, uma prece em silêncio, toda a solidariedade vinda da alma a todos que, de uma maneira ou de outras, somos vítimas da tragédia...
Nossos abraços fraternos a toda família chapecoense, a toda família brasileira, a toda família colombiana, a toda família do mundo inteiro. Um abraço de apoio, fraternidade e amor.
Deus abençoe a todos




Paz, Amor e Fraternidade!

Aviões com corpos de vítimas de acidente aéreo chegam a Chapecó

Primeiro avião da FAB pousou às 9h28, e o segundo, às 9h43.
Presidente Michel Temer acompanha chegada das vítimas.

Do G1 - SC


Chegaram a Chapecó, Oeste de Santa Catarina, os dois aviões da Força Aérea Brasileira (FAB) com 50 corpos das vítimas do acidente aéreo com a delegação da Chapecoense. A primeira aeronave pousou no Aeroporto Municipal Serafin Enoss Bertaso às 9h28 deste sábado (3), sob aplausos e choro dos familiares.  O segundo voo da FAB chegou às 9h43.
Por volta das 10h, os caixões começaram a ser retirados por militares, sob uma chuva constante. O primeiro foi o do jogador Thiaguinho, de 22 anos. Salvas de tiros foram disparadas.


A chegada foi acompanhada pelo presidente da República, Michel Temer, e por familiares das vítimas.
O presidente chegou às 8h46 a Chapecó. Ele estava acompanhado de ministros, do governador de Santa Catarina, Raimundo Colombo, e de senadores catarinenses.
Durante a cerimônia de honras militares, o presidente vai entregar às famílias a Medalha da Ordem do Mérito Desportivo como reconhecimento do governo federal e do povo brasileiro pelos serviços prestados ao país por todos os que estavam no voo que caiu na Colômbia na madrugada de terça (29).
Na sexta (2), a assessoria havia informado que ele não participaria do velório coletivo na Arena Condá. Porém, já em solo catarinense, ele decidiu ir ao estádio.




Reinaldo Azevedo (o chato) dá um bicudo no Lula

PT mandou dinheiro de caixa dois para El Salvador... (já dei a noticia hoje.., aqui no blog, logo cedinho.)

Reinaldo Azevedo, colunista da Veja e gente de lá da Jovem Pan, é chato; mas ele não dá sossego pro Lula... Qualquer jogada errada do Lula ele bate na canela...
E o Reinaldo não poderia deixar de graça essa gracinha do Lula para El Salvador.

Do longo texto de hoje do Reinaldo,  coloco só o pedacinho:








"A classe petralha é internacional! Odebrecht: PT exportou modelo criminoso e transferiu dinheiro de propina para caixa dois de esquerdista de El Salvador. Ao tomar posse, em 2009, Mauricio Funes disse que seguiria os passos de Lula... Pelo visto, não mentia: acusado de desvio de dinheiro público e enriquecimento ilícito, ele deu no pé..."

A REINVENÇÃO DO BRASIL


EDUARDO SIMBALISTA

Por que, de repente, tudo que andava mal parece ir ainda pior? Por quê?

Nos tempos ingênuos do primeiro reinado, o virtuoso conselheiro Chalaça via nas pulgas e pernilongos os males do Brasil. Muita saúva, pouca saúde, os males do Brasil são, cantaria mais tarde, no carnaval de 1986, o enredo da São Clemente, inspirado no Macunaíma, romance quase centenário de Mário de Andrade.

Nada mal para esses tempos modernos de zikas e coceiras, em que os problemas agravados tornaram-se maiores do que as soluções.

Ai, que preguiça, diria agora o herói de nossa gente. Há quanto já se fala em marajás, mordomias e corrupção... A diferença é que, no tempo dos “santinhos”, se sabia quem era ladrão. Hoje, nesse vasto mundo imundo das falsas aparências, já não se sabe quem não o é.

A propina que o PT mandou para El Salvador


Não é história de fada nem conto-da-carochinha. Foi gato: deram um gato e levaram a grana para El Salvador...

Enquanto isso, por causa disso e de outras coisas e crimes bem maiores, nosso Brasil ficou, por culpa do governo Lula/Dilma, com 12 milhões de desempregados. Aproximadamente dois milhões de jovens fora da Escola e fora do trabalho, muita gente sem dinheiro para comprar o pão para o café da manhã... E o PT de Lula arrumou um dinheirão para bancar eleições em El Salvador...

Hoje, foi assunto na mídia... Veja - Saiu na UOL:

Propina do PT bancou campanha de aliado em El Salvador, diz Odebrecht


Ex-primeira dama de El Salvador e militante do PT desde os anos 80, Vanda Pignato intermediou, segundo a Odebrecht, o pagamento de R$ 5,3 milhões de caixa dois feito pela empreiteira à campanha de Mauricio Funes, na época seu marido e candidato à Presidência da República do país centro-americano.

O relato faz parte do acordo de delação premiada de executivos da empresa assinado nesta semana por 77 executivos do grupo empresarial baiano.

O dinheiro, segundo delatores, foi pago em 2008 pela Odebrecht ao marqueteiro João Santana, que comandou a comunicação da campanha que elegeu Funes em março do ano seguinte.

O montante foi descontado do caixa do PT junto à empreiteira no qual eram feitos pagamentos de valores ilícitos, segundo disseram os delatores às autoridades.

De acordo com eles, o abatimento teve a autorização do então presidente Luiz Inácio Lula da Silva, ligado a Funes e Vanda Pignato.

Um ex-sócio do marqueteiro afirmou à Folha que Santana confidenciou que fez o trabalho a pedido do PT.

Aos procuradores, a Odebrecht relatou que foi Vanda quem acertou os R$ 5,3 milhões com a alta cúpula do PT, devido à sua proximidade com a legenda.

Brasileira, a ex-primeira-dama é hoje secretária de inclusão social do governo de El Salvador, pasta que tem status de ministério.


FHC: 'se Temer cair, deve haver eleições diretas'

Fico aqui, no cantinho da pequena sala do meu trabalho, somente lendo... E o Brasil caindo... caindo por culpa dos maus políticos e dos maus partidos.. E vou lendo... E o Brasil sofrendo golpes! E ontem li:

"Prefiro acreditar que isso não vá acontecer. Faço todo esforço para que não haja a queda de Temer. (...) Mas se a pinguela cair, o Congresso terá de convocar eleições diretas. Porque é difícil governar nessa situação de escolha indireta pelo Congresso", disse FHC.


De acordo com a coluna do Noblat, do jornal O Globo, manda a Constituição que o Congresso eleja o sucessor de Temer se ele morrer, renunciar ou for deposto a partir de 1º de janeiro. Para que haja eleição direta, o Congresso teria que mudar a Constituição, o que exigiria três quintos dos votos de deputados e senadores.
Fernando Henrique é a carta na manga do PSDB e de empresários ligados ao partido para substituir Temer numa eventualidade. Isso se tornou público em artigo recente de um ex-auxiliar dele publicado na Folha de S. Paulo. Temer não gostou do que leu, mas nada disse.

Após cortejo e cerimônia, 50 corpos deixam a Colômbia rumo a Chapecó

Lance


O povo colombiano prestou sua última homenagem aos mortos na queda do avião da Chapecoense. Na tarde desta sexta-feira, muitas pessoas foram às ruas para acompanhar os 37 carros que seguiram cortejo da funerária até a base aérea. Com muita comoção, a maioria das pessoas carregava lenços brancos e flores enquanto os veículos com os 50 caixões passavam.
O prefeito de Chapecó, Luciano Buligon, e o embaixador do Brasil na Colômbia, Júlio Bitelli, cumprimentaram os colombianos. Bastante emocionados, eles foram muito aplaudidos pelos presentes.

– Chapecó chora, mas estamos confortados pelo imenso carinho do povo colombiano. Eles compartilharam o nosso sofrimento. Muito obrigado. Pelo carinho e competência para fazer o que fizeram por nós – afirmou o prefeito.

Os caixões estavam cobertos por uma bandeira da Chapecoense que tinha a inscrição “campeões para sempre“. Os corpos foram levados até a Base Aérea de Rio Negro, onde três aviões da Força Aérea Brasileira os aguardavam.

Com a base aérea em silêncio, foi realizada a cerimônia de repatriação das vítimas do acidente. Antes da entrega dos corpos aos militares brasileiros, os colombianos fizeram uma cerimônia militar com marcha fúnebre. Um padre ainda fez uma oração em português e espanhol. Depois disso, os 50 caixões foram colocados nos aviões. Foram 17 no primeiro, 17 no segundo e 16 no terceiro, que partiram da Colômbia por volta das 19h20.

As três aeronaves modelo Hércules deixaram a Colômbia rumo a uma escala em Manaus para reabastecer. A previsão é de que os corpos cheguem neste sábado, às 7h, a Chapecó. Depois, haverá o velório coletivo na Arena Condá.

sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Curitiba ganha prêmio internacional de sustentabilidade pelo programa Agricultura Urbana


O programa Agricultura Urbana, da Prefeitura de Curitiba, venceu o prêmio C40 Cities Awards 2016, na categoria Cidades Sustentáveis. O prêmio foi entregue na noite de quinta-feira (1), na Cidade do México, ao prefeito Gustavo Fruet. O programa de Curitiba – que concorreu com 160 projetos, de 75 cidades, entre as quais Toronto (Canadá), Cidade do Cabo (África do Sul) e Auckland (Nova Zelândia) – foi reconhecido por sua contribuição para a redução da emissão de gases do efeito estufa, a partir de práticas sustentáveis.

A premiação é promovida a cada dois anos pelo C40, grupo que reúne mais de 40 prefeitos de todo o mundo comprometidos com o combate às mudanças climáticas e a criação de centros urbanos sustentáveis e com melhor qualidade de vida para seus habitantes.

“Os projetos vencedores servem como inspiração para outras cidades e demonstram que há grandes progressos em todos os continentes. Eles revelam como as cidades podem ajudar o mundo a alcançar os ambiciosos objetivos estabelecidos há um ano na COP 21, em Paris”, afirmou Michael Bloomberg, presidente do Comitê para o Mayors Challenge 2016 na América Latina e no Caribe e enviado especial do Secretariado Geral da ONU para Cidades e Mudanças Climáticas.

Polícia Federal indicia Cabral, Adriana Ancelmo e mais 14 na Operação Calicute

Uma vergonha!

Abrem-se as páginas do noticiário da tarde e é uma vergonha. Uma traição que o ex-governador Cabral fez com o Rio de janeiro.  A Polícia Federal indicia Cabral e mais 14, inclusive a mulher do ex-governador.

E vem a notícia, esta do Jornal do Brasil, publicada às 19 horas  de hoje:

A Polícia Federal indiciou nesta sexta-feira (2) o ex-governador Sérgio Cabral, a sua mulher, Adriana Ancelmo, e mais 14 pessoas na 1ª fase da Operação Calicute por crimes que vão de corrupção passiva e ativa, organização criminosa a lavagem de dinheiro. Serão instaurados ainda outros inquéritos policiais para aprofundamento de novas vertentes da investigação.

Além de Cabral e Adriana Ancelmo, os outros indiciados são Wilson Carlos Cordeiro da Silva de Carvalho (ex-secretário de Governo), Carlos Emanuel de Carvalho Miranda (apontado como operador financeiro da quadrilha), Luiz Carlos Bezerra (ex-assessor de orçamento da Alerj), Hudson Braga (ex-secretário de Obras do Estado), Wagner Jordão Garcia (ex-assessor de Cabral), José Orlando Rabello (ex-chefe de gabinete de Hudson Braga), Carlos Jardim Borges (empresário que teria realizado pagamentos suspeitos para empresa de Carlos Miranda), Pedro Ramos de Miranda (Ex-motorista de Cabral), Luiz Alexandre Igayara (empresário que teria feito pagamentos por serviços inexistentes no esquema), Paulo Fernando Magalhães Pinto (administrador de empresas), Luiz Paulo dos Reis (empresário ligado a Hudson Braga), Alex Sardinha da Veiga (que teria participado de acordos "criminosos" entre a Secretaria de Obras e a Construtora Oriente, que ele diz representar), Rosângela Machado de Carvalho Braga e Jéssica Machado Braga (parentes de Hudson Braga e apontadas como "laranjas" no esquema).

Michel Temer respira por aparelhos


Por ERIC NEPOMUCENO

(Eric Nepomuceno é jornalista e escritor)

2 de Dezembro de 2016


Algo novo e surpreendente está ocorrendo no Brasil: o governo de Michel Temer, surgido de um golpe institucional que destituiu a presidenta Dilma Rousseff, se deteriora em velocidade alucinante.

Enquanto se aprofunda a mais severa recessão já vivida pelo país, com todos – absolutamente todos – os indicadores econômicos retrocedendo de forma contundente, Michel Temer demonstra fartamente que sua ausência de estatura (política, ética e moral) para ocupar a presidência do maior país latino-americano corresponde a uma extrema inabilidade para conduzir-se em meio à tempestade.

Nos últimos dias ficou claro que seu governo está às portas da agonia. Respira graças ao aparato constituído basicamente pelo respaldo com que ainda conta no Congresso e, especialmente, o apoio com que o brinda o PSDB do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e do senador derrotado em 2014 Aécio Neves – além do empresariado e do mercado financeiro. É um caso claríssimo e gravíssimo de sobrevivência a respirar por aparelhos.

Presidente da OAB defende o afastamento imediato de Renan Calheiros no Senado

Por iG São Paulo

Peemedebista se tornou réu pela primeira vez nesta quinta-feira, mas segue como líder da Casa; Lamachia diz que afastamento "trata-se de zelo"


O presidente da Ordem Nacional dos Advogados do Brasil (OAB), Claudio Lamachia, defendeu o afastamento imediato do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), que virou réu em ação penal por peculato no Supremo Tribunal Federal, na noite desta quinta-feira (1º).
Em comunicado, Lamachia diz que "não se trata aqui de fazer juízo de valor quanto à culpabilidade do senador Renan Calheiros, uma vez que o processo que o investiga não está concluído". Segundo o presidente da OAB, o pedido de afastamento de Renan Calheiros “trata-se de zelo pelas instituições da República”.
“Com a decisão tomada pelo STF de tornar o presidente do Senado, Renan Calheiros, réu em processo sobre peculato, é necessário que ele se afaste imediatamente de suas funções de presidente do Senado e do Congresso Nacional para que possa bem exercer seu direito de defesa sem comprometer as instituições que representa.”

OAB condena qualquer tentativa de recuo no combate à corrupção



Brasília – A diretoria do Conselho Federal da OAB divulgou na tarde desta quinta-feira (1º) nota a respeito da aprovação das emendas ao Projeto de Lei 4850/2016, que estabelece medidas contra a corrupção. Confira abaixo:

“O Conselho Federal da OAB confia na força de nossas instituições democráticas e condena qualquer tentativa de recuo nas investigações e no combate à corrupção.

Reiteramos apoio a essa luta, que é hoje de toda a sociedade brasileira – e de ninguém em particular.
Somos favoráveis a essa iniciativa e temos apoiado, no essencial, as ações que promovem profundas mudanças de paradigmas na política e na vida pública brasileiras.

Presidente do STJD crê em manobra do Inter para permanecer na Série A

Da Gazeta Esportiva


As declarações do presidente do Internacional, Vitório Píffero, nesta quinta-feira geraram preocupações ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva. Em entrevista à Rádio Bandeirantes RS, o presidente do STJD Ronaldo Piacente crê que a decisão do clube em não jogar a última rodada, se dizendo afetado pela tragédia envolvendo a Chapecoense, trata-se de uma manobra contra o rebaixamento.

 Vitório Píffero poderia estar se aproveitando da tragédia da Chapecoense para que o Inter permaneça na Série A.
Inicialmente o vice-presidente do Inter Fernando Carvalho havia expressado sua insatisfação com o adiamento da última rodada, dizendo que o Colorado foi prejudicado com a decisão da Confederação Brasileira de Futebol. Atual 17º colocado do Brasileirão, o clube agora vê no cancelamento do último compromisso do campeonato uma ótima oportunidade para evitar a queda para a Série B na justiça.

“Vejo como uma manifestação desesperada do presidente Píffero para não ser rebaixado. No tapetão, o Inter não vai ganhar. Só se tiver uma prova robusta que prova a irregularidade. Ninguém vai desmoralizar o tribunal e o campeonato. Futebol se ganha dentro de campo. Infelizmente, tem essa cultura do ‘jeitinho brasileiro’. Isso nós não podemos aceitar. Todo o final de campeonato é a mesma história. Isso é lamentável”, disse Piacente.

CNBB emite nota após decisão do STF em não criminalizar caso de aborto



Rádio Vaticano (RV) - A CNBB emitiu uma nota "em defesa da vida" nesta quinta-feira (1º/12) em que "discorda da forma com que o aborto foi tratado num julgamento de Habeas Corpus, no STF".

Leia a íntegra:

NOTA DA CNBB EM DEFESA DA VIDA

“Propus a vida e a morte; escolhe, pois, a vida ” (cf. Dt. 30,19)

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil - CNBB, por meio de sua Presidência, manifesta sua posição em defesa da integralidade, inviolabilidade e dignidade da vida humana, desde a sua concepção até a morte natural (cf. Constituição Federal, art. 1°, III; 3°, IV e 5°, caput).

A CNBB respeita e defende a autonomia dos Poderes da República. Reconhece a importância fundamental que o Supremo Tribunal Federal (STF) desempenha na guarda da Constituição da República, particularmente no momento difícil que atravessa a nação brasileira. Discorda, contudo, da forma com que o aborto foi tratado num julgamento de Habeas Corpus, no STF.

Reafirmamos nossa incondicional posição em defesa da vida humana, condenando toda e qualquer tentativa de liberação e descriminalização da prática do aborto.
Conclamamos nossas comunidades a rezarem e a se manifestarem publicamente em defesa da vida humana, desde a sua concepção.

Nossa Senhora, Mãe de Jesus e nossa Mãe, interceda por nós, particularmente pelos nascituros.

Brasília, 1º de dezembro de 2016

Cardeal Sergio da Rocha
Arcebispo de Brasília-DF
Presidente da CNBB

Dom Murilo S. R. Krieger
Arcebispo de São Salvador-BA
Vice-Presidente da CNBB

Dom Leonardo Ulrich Steiner
Bispo Auxiliar de Brasília-DF
Secretário-Geral da CNBB

Dia Internacional para a Abolição da Escravidão: 21 milhões de vítimas no mundo

Da Rádio Vaticano


Nova Iorque (RV) -  Celebra-se, nesta sexta-feira (02/12), o “Dia Internacional para a Abolição da Escravidão”.
A Organização das Nações Unidas (ONU) criou este dia em 2004. Esta data lembra a assinatura da Convenção das Nações Unidas, em 2 de dezembro de 1949, para a Supressão do Tráfico de Pessoas e da Exploração da Prostituição de Pessoas.
A ONU calcula a existência de 21 milhões de vítimas da escravidão espalhadas pelo mundo. A escravidão é um crime e os que o cometem, permitem ou toleram, devem responder perante a justiça.
A escravidão remonta aos tempos mais antigos da humanidade, com relatos inclusive na Bíblia. Ela era vista e vivida em várias maneiras, conforme o contexto histórico-geográfico.
Apesar dos progressos registados, a abolição da escravidão é ainda uma meta a ser atingida em pleno século XXI. Eis porque, neste dia 2 de dezembro, somo convidados a refletir e a lutar contra esta chaga da humanidade.
A escravatura faz-se sentir ainda, em nossos dias, de várias formas: trabalho forçado, servidão obrigatória, tráfico de crianças e mulheres, prostituição, escravatura doméstica, trabalho infantil, casamentos combinados, entre outros.
No Brasil, em 13 de maio de 1888, através da Lei Áurea, entrava em vigor a liberdade total e definitiva alcançada, finalmente, pelos negros. A Lei Áurea, assinada pela Princesa Isabel, filha de Dom Pedro II, abolia definitivamente a escravidão em nosso país.
Por ocasião do “Dia Internacional para a Abolição da Escravidão”, celebrado nesta sexta-feira, 2 de dezembro, o Papa, em seu tuíte, “convida todas as pessoas de boa vontade a agirem contra o tráfico de pessoas e as novas formas de escravidão”. (MT)