Busca

terça-feira, 31 de maio de 2016

A VOLTA DO ANJO

Há coisas que não sabemos explicar. Aqui ou ali – acolá – quem sabe! – mais perto ou mais longe – nunca estamos no mesmo lugar: tudo é dinâmico, até a nossa parada ou nosso isolamento. Quando pensamos que estamos parados ou isolados, nem parados ou isolados estamos: a vida é uma energia em movimento.

O pensamento é a nossa energia mais importante, mais forte!

Ontem - durante a noite - recordei que já havia elaborado e publicado um texto sobre o Anjo da Luz Verde, com forte intuição de que deveria republicá-lo...

Originalmente, escrevi e publiquei o texto no dia 28/04/2016, que, hoje, o estou republicando, a pedido da minha intuição, sem condições de explicar a razão.   

O ANJO DA LUZ VERDE

Pequena reflexão

Por Hélcio Silva

(28/04/2016)


Os anjos te protegem. Há sempre um coral de anjos em cânticos lindos elevando a todos os que vivem no planeta. Esses cantos são belas melodias de paz, que muitos não querem ouvir!

Neste mundo de ambição, incompreensão e violência, bem se todos pudessem ouvir os cânticos vindos do céu!...

No Universo celestial, que não vês ou não queres ver, os pássaros ouvem, mais do que nós, o cântico dos anjos...

E os anjos nos visitam muito mais do que imaginais!

E leio, na minha rotineira solidão de paz, onde o silêncio me deixa refletir, uma notícia de que o Anjo da Luz Verde visitou a Terra, recentemente...

Sentado a um canto, neste espaço de uma solidão que encanta, declamo – como se bem jovem ainda fosse – um texto de Saara (Nousiainen) anunciando a visita do Anjo da Luz Verde ao nosso planeta:

“Conta-se que recentemente a Terra foi visitada pelo Anjo da Luz Verde, o mais belo dos anjos que exercem atividades na Terra, e que é assim chamado porque traz no peito uma estrela muito brilhante, cuja cor é de um verde tênue e sua figura excelsa aparece envolta em luminosidade esverdeada. Na testa, bordada por minúsculas estrelas, vê-se escrita a palavra esperança.”

Nenhum comentário: