Busca

sexta-feira, 14 de abril de 2017

Coluna Quintal de Casa


Por Hélcio Silva

14 de abril de 2017

Bom Dia - Paz na Terra! Não à violência!


O presídio dos inocentes!

"Inquéritos no STF apuram propinas de R$ 195 milhões em obras da Odebrecht" - grita a manchete de um grande Jornal do País... A Nação estremece... Treme de vergonha... Mas os acusados dizem ser inocentes... Enricaram! Enriqueceram! Ficaram ricos...  Eles e as famílias, ricaços em abundância!... Ter-se-á que construir neste país o presídio dos inocentes!...

Sexta-Feira Santa...

E nesta Sexta-Feira Santa, como em muitos outros dias também, estamos a orar pela Paz e pelo fim da corrupção...

Com Corrupção não há Paz...

Com corrupção, roubos, assaltos, violência nas ruas não há Paz; porque tudo isso gera um estado de tristeza coletiva... A Paz é do que precisamos... Diga Não à Corrupção!

Em meu pezinho de cajueiro!...  

E eu aqui sentado, no quintal de casa, ao pezinho do cajueiro esperando a chegada do brilho do céu que vem pelas lâmpadas do Sol, ouço o guriatã cantar!... Abro o jornal e leio parte dos textos de Alex Salomão e Vitor Marques... Amigos de lá do Estadão... E abro bem os olhos e o leque da garganta... e grito em som alto os escritos de Alex e Vitor:
A máxima é “dando que se recebe” ganhou uma nova dimensão com a divulgação de parte do conteúdo das delações da Odebrecht. Entre os 76 inquéritos abertos no Supremo Tribunal Federal (STF) pelo relator da Operação Lava Jato, ministro Edson Fachin, 31 tratam de cobranças de propina para a conquista de contratos ou para a execução de obras públicas: 40,8% do total.

Os R$ 194,8 milhões!!!

O guriatã parou de cantar, quando eu gritei... R$ 194,8 milhões!!!... Ficou envergonhado... O guriatã tem vergonha no bico e no coração... E eu continuei aos gritos com a leitura dos textos de Alex e Vitor:
Pelos depoimentos dos executivos, os pedidos de propinas somariam pelo menos R$ 194,8 milhões. Se as investigações concluírem que os pagamentos realmente foram feitos, o valor pode ser ainda maior. Em alguns casos, parte das cobranças que teriam sido feitas por políticos não envolvia valores fechados, mas participações porcentuais entre 0,5% e 5% do valor total dos contratos conseguidos pela empreiteira.

A Corrupção se ajusta pelo mercado...

Porrrrr!!!... Essa eu não sabia...  O valor da corrupção é estabelecido pelos ajustes de mercado!... Quanto cinismo...

Volto à leitura final dos textos de Alex e Vitor:

Os repasses não eram chamados de propina, disseram os executivos – eram solicitados a título de “contrapartidas”, “ajustes de mercado” ou “apoio”. Nas justificativas para os inquéritos, foram apresentados relatos de que as propinas não eram cobradas apenas para garantir que a empresa venceria uma licitação de obra ou concessões, como se costuma imaginar. Há casos em que os pedidos teriam sido feitos para assegurar que uma nova lei não iria inviabilizar o andamento do projeto em curso ou para desvencilhar a empresa de trâmites burocráticos comuns no sistema estatal brasileiro.

Que vergonha!...

Estou agora a tomar meu café, enquanto minha memória reabre os portais da mente e eu vejo pela imaginação as caras cínicas dos ladrões que roubaram a Pátria... Que vergonha!

Tucanos bicaram das propinas...

Bicaram, não!... Alguns comeram de grande... E hoje, os mais citados – Serra, Geraldão, Aécio, FHC..., ué!... tem mais... esqueci!!!... Eles dizem que são inocentes... Aécio lidera!

O poderoso diz ser inocente!

E o mais poderoso de todos... O barbudo, que um dia Brizola chamou de sapo barbudo, afirma que não será preso, pois, é inocente... Todos dizem...

Cara de Pau...

...”se alguém provar que eu tenha recebido 20 reais ilícitos na vida”, eu abandono a política... E os adversários estão a dizer: “cara de pau”... Quem não sabe quem é?

Gente, isso é uma vergonha...

Somente para relembrar, para o povo não esquecer: A quebra do sigilo das delações da Odebrecht nessa semana deixou expostos oito ministros de Estado, governadores, 24 senadores, 41 deputados federais e um ministro do Tribunal de Contas da União. A maioria das acusações são de corrupção, lavagem de dinheiro e caixa 2, que se refere a recursos financeiros não declarados à Justiça Eleitoral.

Para evitar cadeia...

Li agora – 8 horas da manhã -  uma manchete no msn/notícias - Efeito Odebrecht: Para evitar cadeia, Congresso trabalha para anistiar caixa 2...

Mais manchetes da corrupção...

Mais manchetes envergonham a todos nós: “Odebrecht gastou R$ 120 milhões com Cabral e Pezão”... “Serra recebeu R$ 4, 6 milhões de obras do metrô de SP”...

Para o Porto de Mariel...

A história desse porto, em Cuba, foi assunto de insistentes denúncias, no passado. Hoje volta à tona. Segundo a coluna de hoje do jornalista Cláudio Humberto, na delação de Emilio Odebrecht, presidente do Conselho de Administração do grupo, foi revelado que o Tesouro Nacional brasileiro deu o aval final que viabilizou a construção do Porto de Mariel, em Cuba. A decisão era atípica à época e, segundo Emílio e seus advogados, “ficou claro” que uma operação desse tamanho não seria possível sem “interferência política”. Dos US$ 954 milhões, do custo da obra do porto, o BNDES bancou US$ 687 milhões (R$ 2,1 bilhões).

E mais...

Revela mais a coluna de CH:
Emilio conta ter sido chamado a Caracas pelo semi-ditador Hugo Chávez, que o pediu para “viabilizar” a obra do porto cubano.
Emílio contou em sua delação que, após a reunião com Chávez, foi procurado por Lula, que já estava “a par” do negócio e o autorizou.
O BNDES relutava na aprovação do financiamento, temendo um esperado calote de Cuba. Foi quando Lula mandou o Tesouro avalizar.
Em troca do Porto de Mariel, a Odebrecht faturou contratos na área de petróleo da Venezuela, que é um dos maiores produtores do mundo.

E fico a pensar...

Quando surgiu esse problema do Porto de Mariel e as críticas por parte da oposição, os petistas defenderam o negócio... E vejam: O BNDES, banco brasileiro, bancou US$ 687 milhões, enquanto faltavam recursos para os portos brasileiros.

Dilma sabia de tudo...

Tudo que aconteceu no Brasil, na era petista, a Dilma sabia, inclusive durante o governo Lula, onde ela era a gerentona!... E das propinas, no governo dela, ela sabia também...

A defesa de Flávio...

E leio a manchete em um dos blogs da cidade que Othelino Neto faz defesa de Flávio Dino... Faz sentido!... ou não faz?...

Edivaldo Junior saiu da mudez...

E o prefeito de São  Luís, que nada fala sobre o abandono da cidade, cheia de lixo, buraco e lama, saiu em defesa do governador Flávio Dino, enrolado nos 400 da páscoa... E o prefeito Junior afirmou: – Manifesto minha solidariedade ao governador Flávio Dino e reafirmo que a verdade irá prevalecer

Flávio precisa esclarecer...

Até agora, a história desses 400 (já chamados de 400 da páscoa ou dos peixinhos) precisa ser esclarecida com a verdade.  Até agora, os fatos são de que o governador está na lista dos investigados... Isso é muito grave...  Até porque - segundo o que foi amplamente divulgado pela mídia nacional - o negocio da propina foi acertado dentro de seu gabinete, segundo o  delator José de Carvalho Filho.

O roubo é bem maior...

Acabei de assistir ao Jornal Hoje, da Rede Globo... O roubo é bem maior do que se imagina. Quebraram o Brasil... Roubaram a Nação Brasileira, como em nenhum outro lugar do mundo. É uma vergonha!... Políticos que a gente ainda guardava algum respeito aparecem negociando propina, independente de partido político... São 14 horas... A Nação está triste!... O que dizer aos nossos filhos, aos nossos netos?... 

Tô indo.....

Tô indo, minha gente... A Coluna "Quintal de Casa"  será publicada no meu blog de  segunda a sexta. Até mais ver!

Nenhum comentário: