Busca

terça-feira, 12 de maio de 2015

Governo do Maranhão e Prefeitura de Rosário realizam parceria para aplicação de programa de educação em presídios

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Sejap), em parceria com a Prefeitura de Rosário, iniciou, nesta segunda-feira (11), o programa de educação para 17 detentos da Unidade de Ressocialização da cidade. Nas aulas são incluídas algumas disciplinas do ensino fundamental, com aulas que vão de segunda a sexta, por duas horas por dia. A iniciativa faz parte da política do governo Flávio Dino de capacitação e humanização no sistema prisional e pretende ampliar as perspectivas de ressocialização para os que já conseguiram progressão de regime.

O diretor da Unidade Prisional de Rosário (UPR), Paulo Adriano Abreu, entusiasmado com a ideia, quer abrir mais turmas pela manhã e se empenha para convencer os detentos das vantagens de participar do programa, já que 12 horas escolares correspondem aum dia a menos no cumprimento da pena. “Infelizmente a adesão ainda é baixa, mas, aos poucos, vamos mudar isso, estimulando os detentos”, afirmou Paulo Adriano.
As aulas de português, matemática, história e geografia são comandadas por um professor designado pela Secretaria Municipal de Educação de Rosário. Até o dia 30, a supervisora de educação da Sejap, Néria Melo Moura, terá concluído o plano estadual de educação em presídios, e o programa de Rosário já será um exemplo prático de como o planejamento vai se adaptar à realidade de cada unidade e às demandas mais frequentes dos detentos. “O objetivo do governo Flávio Dino é humanizar a execução penal e o nosso é empregar todas as opções disponíveis para atender ao interno que valoriza as oportunidades de ressocialização”, acrescentou a técnica.

Nenhum comentário: