Busca

quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Seu filho tem um amigo invisível que só ele vê?


Bom dia!... Não se assustem. Às vezes, o fato acontece. Talvez, muitas vezes. Ou raramente... Ou nunca acontece!...
Acabo de ler esta notícia abaixo, nesta manhã de 26 de agosto, aqui na minha salinha de trabalho. O texto que li está na página da Agência MBPress.
Confesso que este não é um assunto surpresa nem extraordinariamente espantoso!... 
Um dia escreverei sobre um caso que conheço, muito lindo.

Mas republico aqui - agora - o texto da Agência MBPress: 

Amigo imaginário: seu filho tem um?

Você pode não vê-los, mas que eles existem, existem. Pelo menos, na cabeça de muitas crianças (seu filho, talvez). Os amigos imaginários fazem parte do cotidiano de muitas famílias.
Uma das primeiras descrições do fenômeno é um estudo publicado em 1895 pela pedagoga Clara Vostrovsky, da Universidade Stanford. Ela conta o caso de uma garotinha que teve vários amigos imaginários até a idade adulta. Desde então, novos estudos mostravam que entre 20% e 30% das crianças têm, pelo menos temporariamente, um ou mais acompanhantes invisíveis.
De acordo com pesquisas realizadas na Inglaterra, por exemplo, uma a cada três crianças tem um amigo imaginário, totalizando 2,1 milhões de crianças. E 68% delas dizem que eles as acompanham em viagens de férias em família. Por conta disso, o Aeroporto de Heathrow tornou-se o primeiro “amigável” para amigos imaginários. Foi produzido, inclusive, um vídeo para ensinar os funcionários a lidar com os acompanhantes de seus passageiros reais nas mais variadas situações. “Durante as férias de verão, quando milhões de famílias viajam, são as pequenas coisas que fazem com que o período no aeroporto seja mais divertido e relaxante para os pais e os filhos”, disse Normand Boivin, COO do aeroporto. Pois é.

Nenhum comentário: