Busca

quarta-feira, 2 de setembro de 2015

Mobilidade: Prefeitura investe R$ 2 milhões para melhorar acessibilidade nas ruas de Curitiba


A Prefeitura de Curitiba está investindo R$ 2 milhões para melhorar a mobilidade urbana e a acessibilidade nas ruas da cidade. Serão realizadas em todas as regionais da cidade adequações de calçadas e pavimento, correções geométricas e implantação de 2,25 mil rampas de acesso às calçadas.
Os trabalhos foram iniciados em agosto e os locais que estão recebendo as rampas foram definidos a partir de solicitações da população através do serviço 156 e do Ministério Público e de indicações da Secretaria Especial da Pessoa com Deficiência e das regionais. Os recursos são da Secretaria Municipal de Trânsito (Setran) e a execução das obras é da Secretaria do Governo Municipal.
“Há um compromisso da atual gestão não só com a mobilidade, mas com a acessibilidade. Estão sendo implantadas rampas de diferentes tipos para melhorar o acesso de pessoas com mobilidade reduzida, para dar melhor mobilidade ao ciclista e também para garantir a segurança nos cruzamentos e travessias”, diz a secretária municipal de Trânsito, Luiza Simonelli.
O primeiro lote de obras contempla as regionais Boa Vista, Matriz e Santa Felicidade. Já estão sendo realizados trabalhos na Rua Major Heitor Guimarães, no bairro Campina do Siqueira – na esquina com a Rua Princesa Izabel, as rampas de acessibilidade para pessoas com deficiência não estavam nos padrões corretos e foram substituídas por rampas novas, que incluem marca tátil guia para pessoas cegas. Obras também estão sendo feitas na Rua Dr. Faivre, na região central da cidade.
O segundo lote será realizado nas regionais Bairro Novo, Boqueirão e Cajuru e o terceiro lote nas regionais CIC, Fazendinha/Portão e Pinheirinho.
"Essa medida reafirma a promoção da inclusão das pessoas com deficiência e reforça o respeito da gestão e a garantia do direito à cidade. A acessibilidade é uma ferramenta fundamental para a inclusão social desse público", disse a secretária municipal da Pessoa com Deficiência, Mirella Prosdocimo.
Remansos
Os recursos disponibilizados pela Setran também estão sendo utilizados para a implantação de remansos na Rua XV de Novembro e na Rua Augusto Stresser.
Na Rua XV, serão 18 remansos com 30 vagas de estacionamento, entre a Av. Nossa Senhora da Luz e a Rua Ubaldino do Amaral. A obra, iniciada no final de agosto, atende a demandas de comerciantes locais após a criação da faixa exclusiva do transporte coletivo no ano passado, que culminou com a retirada do estacionamento existente na via. Na região, já haviam sido criadas em 2014 novas vagas do Estacionamento Regulamentado (EstaR) nas transversais da Rua XV de Novembro.
Ainda não há data definida para a implantação dos remansos da Rua Augusto Stresser. O trecho contemplado será entre as ruas Almirante Tamandaré e Jaime Balão, no bairro Juvevê, que recentemente voltou a ter sentido duplo de circulação.

Nenhum comentário: