Busca

terça-feira, 31 de março de 2015

Ele é de São João do Rio do Peixe... E eu sou de Upaon-Açu!








Na realidade ele é de São João do Rio do Peixe, uma região da Paraíba.  Mas, quando ele nasceu, São João do Rio do Peixe já se chamava Antenor Navarro, em homenagem a esse grande político brasileiro (Antenor de França Navarro), um dos líderes da Revolução de 30.

... E foi quando o município ainda se chamava Antenor Navarro que o Moço nasceu, justamente no último dia do ano de 1946..., aos gritos de Feliz Ano Novo!

Segundo algumas pesquisas que fiz hoje (terça-feira, dia 31/03), o município de São João do Rio do Peixe remonta ao século XVII. Há informações de que grande parte da área pertenceu à família dos Dantas. Vejo aqui, nas anotações que leio, uma informação de que no século XIX, entre 1855 e 1863, foi construída a nova igreja, que marcaria  um novo ciclo de desenvolvimento em São João do Rio do Peixe... E aí passou a ser distrito e, em 1881, elevou-se à categoria de vila... Mas o Moço ainda não havia nascido!

Entre 1932 a 1989 o município, anteriormente chamado São João do Rio do Peixe, passou a chamar-se Antenor Navarro. Foi nesse período que o Moço nasceu, em 1946, antes mesmo do dito/cujo município voltar ao nome original (São João do Rio do Peixe) por força da promulgação da nova constituição da Paraíba em 1989.... 

Quando isso aconteceu, o Moço, vivo e escaldado, banhado nas águas do rio do peixe - sabido ki só - já estava na Ilha de Upaon-Açu e já havia sido presidente da Câmara de Vereadores no período entre março de 1981 a dezembro de 1983... Foi ainda deputado estadual, deputado federal e chefe de gabinete do governo do estado, na administração do poderoso Luiz Rocha.

É atualmente deputado estadual e primeiro ministro da prefeitura... É o novo Rei de Upaon-Açu!

Pois é!... Ele (neste 31 de março - hoje) foi à tribuna da Assembleia Legislativa do Maranhão para defender a administração do filho/prefeito, que concedeu um aumento absurdo nas tarifas de transporte coletivo, medida que massacrou o povo mais pobre da cidade. Poderia, por possuir mais experiência e vivência política, ter aconselhado (ou orientado) o filho a não tomar tal medida contra o povo... O serviço de transporte público da cidade é o pior do país e não vele o preço da tarifa que cobra...

Se hoje eu fosse deputado teria enfrentado o Moço do Rio do Peixe e provado a ele que o povo de nossa terra não merecia essa pancada!

De HS, direto da Ilha de Upaon-Açu...

Nenhum comentário: