Busca

quarta-feira, 15 de abril de 2015

Do Acervo de Mhario Lincoln: Amizade é pra sempre!

Amizade é pra sempre!

Escrito por Mhario LincolnPublicado em Matérias em 15/04/2015

Na foto, Mhario Lincoln e Edomir Martins de Oliveira em frente ao prédio do Instituto Histórico e Geográfico do Paraná, em Curitiba. Edomir foi presidente do IHG/Maranhão

"Eu sempre digo que a amizade é pra sempre. Quando não é amizade, dura o suficiente. No meu caso, estou amplamente feliz com a amizade construída ao longo de mais de 40 anos com a família Figueiredo Oliveira . Sejam avós, filhos e netos (e bisneta). Todos de uma linhagem muito especial. Uma linhagem cristã; a verdadeira linhagem. A amizade de minha família com a de Elma e Edomir Martins de Oliveira é fórtica, incomensurável, indestrutível porque além de ser estabelecida em cima de rocha firma é eivada de Fé Cristã.
Isso me lembra algumas passagens sábias da Bíblia, quando seus profetas e apóstolos falam de amizade. Elma e Edomir sempre estiveram juntos à nossa família. Em todos os momentos, como bem diz em Provérbios 17:17: "O amigo ama em todos os momentos; é um irmão na adversidade.".
Vivenciamos, portanto uma amizade das mais dignificantes. Ele, meu amigo desde a época em que o conheci como meu professor na Faculdade de Direito, na UFMA, e a ele concedi a grata satisfação de abençoar meu filho varão, sendo-lhe padrinho.

Destarte, é ele quem merece hoje todas as atenções deste espaço, como bem ensina Romanos 12:10: "Dediquem-se uns aos outros com amor fraternal. Prefiram dar honra aos outros mais do que a vocês."
A mim, resta agradecer e desejar boa leitura àqueles que vão ler agora esta peça singela, retrato de como Edomir e Elma são excelentes anfitriões, quando recebem, também, a nossa família."
Mhario Lincoln (Editor).
  
RECEBENDO CONVIDADOS
(*) Edomir Martins de Oliveira é professor universitário aposentado, escritor, poeta e advogado militante

Quem visse aquelas pessoas reunidas à mesa de refeição, repleta de comidas típicas maranhenses, onde estavam a ornamentar a mesa saladas de legumes, pato ao molho celestial, picanha ao forno, feijão com alho poró ao sabor da terra, arroz, etc., diria com certeza que se tratava de uma reunião apenas para degustação dos pratos à mostra, que vinham acompanhados de gostosos sucos e uma sobremesa encantadora trabalhada com bacuri e sorvete de creme, além de um quindim de sabor dos deuses.

Na verdade as pessoas ali presentes, além de saborearem os pratos que lhes eram oferecidos, também desfrutavam dos momentos de lazer que se apresentavam naquele momento.

Estávamos recebendo em nosso apartamento e reuniam-se àquela mesa, além do casal dono apartamento, os casais que vinham de Curitiba (PR), Mhario Lincoln e Veridiana Santos (nossa Santa Vera para os amigos mais próximos), Celine Oliveira, professora que tem o condão mágico de preparar a juventude para dias futuros, e seu marido, o garboso senhor Henrique Sales de Oliveira, empresário que contribui com sua assistência profissional para o desenvolvimento do Estado do Paraná, um casal maranhense, Dr. Ângelo Francisco Rodrigues dos Santos, jovem advogado, meu afilhado, com sua elegante e gentil namorada Dra. Luana que em breve se chamará Luana dos Santos, tão forte é o sentimento que une o casal.
Na foto à esquerda, os anfitriões com os convidados, dentre eles, Elizabeth, Claudete, Veridiana e Celine. Abaixo, Angelo Santos com (Elma Oliveira) e Luana Dias.
Também estavam presentes duas pessoas amigas paranaenses que vinham das belas terras do Paraná, a médica Dra. Elizabeth, sacerdotisa da ciência de Hipócrates que desveladamente exerce a medicina com as atenções voltadas ao exercício da Pediatria, assistindo as crianças que precisam de assistência médica, e a Professora, Claudete, que além de exercer o magistério com elevado espírito de quem transmite conhecimentos, ainda é Juíza de Paz, em Cambé, interior do Paraná.
Como que coroando todo aquele grupo estava ainda o jovem Lorenzo dos Santos, filho de Ângelo, que com a sua pouca idade (dez anos), já dá mostras da inteligência invulgar que o acompanha.
A degustação transcorria em clima de intensa amizade com os partícipes elogiando os pratos servidos, quando surgiu uma ideia luminosa que logo foi acolhida por todos.
Este mesmo grupo voltaria a se reunir em Cambé – PR no mês de outubro do corrente ano, levando os filhos do Maranhão, para Cambé, as alegrias que caracterizam quem vai da Ilha tão decantada pelo poeta Gonçalves Dias e tão rica em belezas naturais, com suas extensas praias, onde o rouxinol exibe o seu mavioso canto para embevecimento de quantos o escutam para outras plagas.
Eis que, de repente, lembra-nos a nossa comadre Veridiana que antes de chegarmos em Cambé, seria muito importante darmos uma paradinha em Curitiba-PR para descansar um pouco das fadigas de uma longa viagem como é São Luis / Curitiba. e nos prepararmos para a esperada chegada em Cambé.
Henrique Sales de Oliveira ao chegar na casa dos anfitriões, presenteia Elma com rosas

A ideia foi amplamente aceita e agora estamos aguardando outubro chegar, para desfrutarmos da hospitalidade de Mhario e Vera e seguirmos viagem para visitar a cidade onde se pratica a melhor pediatria do Estado do Paraná, isto se antes a saudade dos amigos queridos não nos alcançar com o tempestuoso vento da amizade e nós não apanharmos um avião, e através dele chegarmos para uma curta visita.
Os visitantes tão queridos, por volta das 16,00 horas despediram-se, pois os esperava um vôo de retorno a Curitiba, à noite, e confessavam que guardavam consigo aqueles momentos encantadores levando-os no recôndito do coração.
Estariam atentos para que a sístole e diástole, mantivessem a pressão arterial estável, embora o coração estivesse a pulsar em ritmo acelerado, estimulado que foi pelas alegrias daqueles inesquecíveis momentos.

Nenhum comentário: