Busca

sexta-feira, 21 de agosto de 2015

Prefeitura de Curitiba anuncia em consultas públicas investimento de R$ 30 milhões para obras de educação e infraestrutura


O prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet, anunciou, ao longo das nove consultas públicas para discussão da Lei Orçamentária (LOA) de 2016, quase R$ 30 milhões em investimentos na cidade. Nesta quinta-feira (20), durante encontro da Administração Regional do Portão ocorrido na Paróquia Santa Izabel, Fruet e a secretária municipal de Educação, Roberlayne Borges Roballo, assinaram a ordem de serviço para a construção do Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Novo Mundo.
Com capacidade para atender 200 crianças de 0 a 5 anos em período integral, o CMEI Novo Mundo foi a nona unidade a receber autorização de início de construção durante as consultas, com investimento total de R$ 20.184.032,37 – dos quais R$ 10.556.216,17 serão financiados pelo Município e o restante será proveniente de parceria com o governo federal, por meio do Fundo Nacional do Desenvolvimento da Educação (FNDE).
Além do CMEI Novo Mundo, foram recentemente autorizadas as construções das unidades Parque Industrial, Cerro Azul e Ilha do Mel, na Regional CIC; Rio Bonito IV, Hortênsias e Jardim Ludovica, na Regional Pinheirinho; Rio Negro, na Regional Bairro Novo; e Ferroviário II, na Regional Cajuru. No total, os nove CMEIs abrirão 1.516 novas vagas na educação infantil.

Obras

Além dos R$ 20,2 milhões voltados às unidades de ensino, outros investimentos anunciados por Gustavo Fruet nas reuniões ocorridas durante este mês foram a revitalização da Rua Raul Pompeia, na CIC (R$ 6,5 milhões); a retomada das obras do Centro de Esporte e Lazer do Uberaba (R$ 1 milhão); e obras de drenagem e contenção de cheias no Boqueirão (R$ 1 milhão).
“Há uma lista expressiva de investimentos, muitos dos quais surgidos de solicitações repassadas pela população em consultas públicas”, disse o prefeito, salientando ainda uma série de obras realizadas desde 2013 na Regional Portão, como a conclusão da nova sede do Laboratório Municipal, nova biblioteca na Escolas Municipal Marçal Justen e a reforma do Centro de Referência de Assistência Social (Cras) Fazendinha.
O CMEI Novo Mundo receberá investimento de R$ 2.630.873,43 e terá 960 metros quadrados de área construída na Rua Afif Mansur. O projeto garante qualidade no cuidado e educação das crianças pequenas em ambientes planejados e divididos em oito salas para turmas de berçário, maternal, pré-escola, estrutura de solários, banheiros, salas para equipe pedagógica e administrativas, sala de amamentação, cozinha, refeitório e almoxarifado.
Outra unidade está sendo construída na região é o CMEI Portão, que funcionará na Rua Daisy Lucy Berno, com capacidade para atender, das 7h às 18 horas, mais 200 crianças. Em novembro de 2013 foi inaugurado o CMEI Guilherme Canto Darin, que abriu 200 vagas para o atendimento de 200 crianças de famílias do Parolin.
Assim como fez nas outras oito consultas, Gustavo Fruet atendeu pessoalmente aos pedidos dos moradores da Regional. Logo após sua chegada, o prefeito foi recebido por um grupo de crianças, alunas do 4º ano do ensino fundamental da Escola Municipal Professora Maria Nicolas.
Conduzidas pela equipe da escola, elas foram conhecer o prefeito e encaminhar algumas reivindicações, especialmente nas áreas de mobilidade urbana, saúde e educação. “Propusemos às crianças esse exercício de cidadania, inclusive orientando que pedissem também aos pais solicitações que pudessem ser repassadas à Prefeitura”, disse a pedagoga Emília Schwitzner.
O presidente da Associação der Moradores da Vila Leão, Jaime João de Oliveira, diz que a consulta pública é a melhor oportunidade de propor medidas concretas para a comunidade. “Temos algumas sugestões a apresentar e acredito que este é o melhor canal para ouvir a população. Além disso, temos uma excelente relação com a Administração Regional Portão e nossa região tem sido beneficiada com obras da Prefeitura”, destacou Oliveira. 

Participação

Mais de 2 mil pessoas participaram dos encontros ao longo do mês de agosto, ocorridos nas nove administrações regionais de Curitiba, desde o último dia 4.
Quase 300 pessoas compareceram à consulta desta quinta-feira, ocasião em que foram encaminhadas 86 sugestões às mesas disponíveis. Nelas, os moradores puderam discutir os temas apresentados com técnicos e secretários municipais. Outras 139 questões foram depositadas nas urnas e 196 mil pessoas foram alcançadas nas mídias sociais -- por meio das quais foram encaminhadas 34 solicitações.
Estiveram presentes à consulta pública os vereadores Tico Kuzma, Dirceu Moreira, Tito Zeglin, Cacá Pereira, Geovane Fernandes, Mauro Ignácio, Toninho da Farmácia, Paulo Rink e Felipe Braga Côrtes, além do administrador da Regional Administrativa do Portão, Marco Mello.
A Lei Orçamentária Anual é a proposta detalhada do orçamento que será executado pela Prefeitura no ano que vem. Depois de discutido com a população, o documento será apresentado em uma audiência pública final, no dia 28 de setembro, para em seguida ser encaminhado para a Câmara Municipal.

Nenhum comentário: