Busca

terça-feira, 1 de setembro de 2015

Dinheiro Público decide eleição no Maranhão?

Meu pequeno comentário do entardecer

De HS

Faço uma pergunta inocente, porém, provocadora: e por que eleição decidida com a força do dinheiro público, da máquina pública, do esquema, da compra de voto acaba por valer?... E Tem validade... Isso é triste! 
Tem hora que acho ser burro demais em acreditar que toda eleição é um primor de honradez, atributo divino da pureza democrática...
Eu fico triste quando leio que alguém se elegeu usando a máquina pública, o dinheiro público...
Vejam o que li agora (16 horas do dia 1º de setembro) no blog do meu amigo poeta Cunha Santos...


"A TV Guará exibiu reportagem na noite desta segunda-feira (31) denunciando esquema de lavagem de dinheiro montado por Ricardo Murad enquanto esteve à frente da Secretaria de Estado da Saúde (SES) para financiar a campanha eleitoral da filha Andrea Murad e do genro Sousa Neto, que foram eleitos deputados estaduais. O esquema funcionava a partir do superfaturamento de contrato para locação de helicópteros para a Secretaria de Estado da Saúde durante a gestão de Ricardo Murad.
Os indícios do crime estão registrados em relatório da Secretaria de Estado de Transparência e Controle (STC) que encaminhou toda a documentação para a Polícia Civil. O relatório recomenda o indiciamento de Ricardo Murad, Andrea Murad e Sousa Neto pelos crimes licitatórios da Lei 8.666/93, peculato do art. 312 do Código Penal e lavagem de dinheiro da Lei 9.613/98".

Entendo que toda eleição movido por processo que não o legitimamente democrático é ilegítima e não representa a virtude e a grandeza do poder popular.  
O meu blog está à disposição do deputado Ricardo Murad se assim ele desejar para seus esclarecimentos à população.
******
Volto ao assunto para completar a matéria da denúncia divulgada no programa da TV Guara de São Luís... Vejam o vídeo que mostra a gravidade da denúncia, envolvendo o ex-deputado Ricardo Murad...  Vejam:


O blog está à disposição do deputado Ricardo Murad para seus esclarecimentos à população.

De HS, direto de Curitiba

Nenhum comentário: