Busca

quarta-feira, 16 de setembro de 2015

Maluf também é réu


Os ministros da 1ª Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) aceitaram denúncia contra o deputado federal Paulo Maluf (PP-SP) por falsidade ideológica na prestação de contas de campanha de 2010.  A decisão foi tomada por unanimidade e, com isso, o deputado passará à condição de réu. A denúncia contra o deputado foi oferecida pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, em outubro de 2014 em razão de irregularidades na prestação de contas da campanha de 2010. Após Maluf ter as contas rejeitadas pela Justiça Eleitoral, o caso chegou ao Supremo - o inquérito foi aberto no início de 2013 - para investigar se Maluf cometeu crime de "caixa 2" na campanha. Com a decisão dos ministros, de aceitar a denúncia contra o deputado federal, Maluf passará a responder por quatro ações penais no Supremo. Atualmente ele já é alvo de outras três ações.

Nenhum comentário: