Busca

quarta-feira, 4 de novembro de 2015

Língua destravada

150 parlamentares respondem a inquéritos


No mesmo dia em que foi aberto um processo contra Eduardo Cunha por quebra de decoro parlamentar, ele – o Cunha - afirmava que, se todo inquérito judicial contra deputados fosse motivo de representação ao Conselho de Ética, "deveria ter uns 150 [investigados] no conselho".

"É diferente [o processo], porque se todo mundo que tivesse um processo fosse pro Conselho de Ética por quebra de decoro, tinha que ter uns 150 lá no Conselho de Ética. Porque tem mais ou menos uns 150 [parlamentares] que respondem a inquérito no Supremo", disse a língua destravada de Cunha.

Nenhum comentário: