Busca

terça-feira, 5 de janeiro de 2016

Ciclovias do ramal central de Curitiba passam por requalificação completa


A ciclovia que integra toda a região central de Curitiba foi requalificada em todos os seus 2,7 quilômetros de extensão, tornando-se mais larga e recebendo melhorias na pavimentação e sinalização. A obra faz parte do planejamento de recuperação de ciclovias da cidade que, neste ano, já revitalizou outros dois trechos no Centro Cívico: o Ramal Cicloviário Cecília Meireles e o Ramal Cicloviário Euclides Bandeira.

O Ramal Central, requalificado agora, compreende vias ao longo das ruas Heitor S. de França, Barão de Antonina, Presidente Faria, Conselheiro Araújo, Luiz Leão e Mariano Torres, além de um pequeno trecho da Avenida Silva Jardim. Há segmentos que são exclusivos para o uso da bicicleta e outros que são compartilhados com pedestres. Os trabalhos foram executados em aproximadamente dois meses e custaram R$ 715 mil, recursos da Associação Nacional de Transportes Públicos (ANTP).

Parte do trajeto do Ramal Cicloviário está inserido dentro da Área Calma, perímetro em que os carros não podem trafegar acima de 40 Km/h, o que cria um ambiente ainda mais favorável ao uso da bicicleta.

Alexandre Antônio de Andrade tem a bicicleta como meio de transporte e a utiliza para o trabalho de entregador há 4 anos. Ele é usuário das ciclovias existentes na cidade e aprovou a requalificação do Ramal Central. “Ficou ótimo para quem utiliza todos os dias como eu. Melhorou muito”, comentou o ciclista que elogiou também a Via Calma da Avenida Sete de Setembro – que liga o Centro Cívico ao Água Verde. “Seria interessante e muito bom se tivéssemos o mesmo espaço para andar que temos na Sete de Setembro em outros locais da cidade”, afirmou.

A solicitação do ciclista deverá ser atendida em breve com a implantação de mais uma Via Calma na cidade na Avenida João Gualberto/Avenida Paraná, e resultará em uma nova ligação cicloviária entre os bairros Centro Cívico e Santa Cândida. A obra está em processo licitatório.

Recuperados

O primeiro trecho de ciclovia que recebeu benfeitorias neste ano pertence ao ramal cicloviário Cecília Meirelles e liga a Rua Brasilino Moura com o Parque São Lourenço (2,7 quilômetros) e foi entregue ainda no primeiro semestre.

O segundo pertence ao Ramal Euclides Bandeira e liga a Rua Brasilino Moura até a Avenida Cândido de Abreu (2,1 quilômetros). A obra foi entregue em outubro deste ano.

Agora com a entrega do Ramal Cicloviário Central, a Prefeitura de Curitiba revitalizou 7,5 quilômetros de ciclovias neste ano.

Também foram recuperadas na atual gestão a ciclovia na Avenida Getúlio Vargas (1,7 quilômetro) e 350 metros na Rua Conselheiro Laurindo.

Nenhum comentário: