Busca

sábado, 2 de janeiro de 2016

O QUE PARECE UM MAL PODE SER UM BEM

Do Jornal "O Espírita"


Conta-se que um grande trabalhador espírita desencarnou muito jovem. Sua esposa ficou revoltada, pois questionava a justiça divina. Dizia ela que com tanta gente má no mundo, por que Deus levou seu marido que era tão bom e fazia tanta caridade? Numa comunicação mediúnica os espíritos mandaram um recado a ela dizendo que: “estava programado, antes deles nascer, que o rapaz sofreria um derrame cerebral e ficaria 10 anos na cama sob os cuidados dela. Mas, como ele fez muita caridade, esta caridade quitou seus débitos. O amor que ele praticou cobriu uma multidão de débitos."
Então, como diz Meimei: "AS VEZES, O MAL NA VIDA É O BEM MAL INTERPRETADO."

Nenhum comentário: