Busca

terça-feira, 26 de julho de 2016

DIÁRIO DO HÉLCIO

(26/07/2016)



VOU MORRER OLHANDO OLIGARQUIA...


DEUS do céu!... Valei-me!...
Aqui no Maranhão tudo é diferente. Desde que nasci só vejo sucessão de oligarquias... Vitorino (o vitorinismo), Sarney (o sarneismo) e, agora, chegou o novo pregando novos tempos... Novos tempos nada!... Mesmo jeitinho do sarneismo e do vitorinismo... E nessa nova oligarquia, o novo colocou um visconde de escudo!...  Vou morrer olhando oligarquia...

O SENADOR RICO...


Aqui tem senador rico, cuja origem, lá de longe, era de uma geração pobre... O pai foi meu colega de liceu, pobre como eu... Nós éramos lascadinhos / lascadinhos de dinheiro... 
Mas a gente participava com alegria as nossas vidas de jovens liceistas... E lutamos juntos contra o governo do Dr. Newton Bello..., contra o vitorinismo... Uma juventude de luta.

O PAINHO FOI MUITO BOM...


E a história de hoje é assim: O pai foi governador, e ele - o filho - é senador, hoje, - já foi deputado estadual - novinho/novinho - pelas mãos do pai. Foi deputado federal... Hoje é senador... Tem um irmão prefeito de uma das mais importantes cidades do Maranhão. Tem um filho vereador da capital que deseja “ser” vice para “ser” (no futuro) prefeito de São Luís, possivelmente daqui a dois anos, quando o Edivaldinho, filho do Edivaldão, sair  para ser vice na chapa de governador, em 2018...  Tudo dentro das normas da oligarquia do novo (da nova Oligarquia), embora o painho (aquele que foi meu colega de liceu) tenha sido gente da oligarquia passada, funcionando, na época, como régua e compasso do Rei José... Mas, hoje, o Rei é o novo... O José é ex...
Assim é no Maranhão! Eles fazem o planejamento deles, e o povo entra pelo cano...


AQUI TEM ATÉ BIRA...


E este - o outro "ele" do pindaré - quis ser senador, mas, passaram a régua nele..., e ele, coitado!!!..., foi ser deputado estadual, tendo passado um tempo como titular da pasta das ciências, no governo do novo Rei...  Agora quer ser prefeito da minha cidade... Era só o que faltava...

LOUVAÇÃO A SÃO LUÍS...


E eu fico aqui, sozinho, no canto do casarão da minha cidade, cantando a poesia de Bandeira Tribuzzi, o Hino da minha Cidade:

- Ó minha cidade / Deixa-me viver / que eu quero aprender / tua poesia / sol e maresia / lendas e mistérios / luar das serestas / e o azul de teus dias // Quero ouvir à noite / tambores do Congo  / gemendo e cantando / dores e saudades / A evocar martírios / lágrimas, açoites / que floriram claros / sóis da liberdade
 // Quero ler nas ruas / fontes, cantarias / torres e mirantes / igrejas, sobrados / nas lentas ladeiras / que sobem angústias / sonhos do futuro / glórias do passado. –

REJEIÇÃO CONTORNÁVEL...


Chamaram um psicólogo! Com certeza chamaram.
Não havia visto ou lido algo sobre rejeição contornável... Porém, aqui, na política do Maranhão, tudo se resolve e de tudo acontece. O prefeito Edivaldo Junior apareceu com um elevado crescimento de rejeição. Índice muito grande de rejeição. Chamaram um especialista, e ele diagnosticou: 
 - Rejeição contornável…..
Qual o remédio, cara pálida?...
Rejeitado, em política, perde voto..., e perde eleição!...

É VERDADE...


Li no blog do Aragão, sobre o assunto: “Especialista diz que rejeição de Edivaldo é contornável...”

E fui adiante lendo mais, no dito blog do Aragão:

- Nesta segunda-feira (25), o especialista em marketing político e jornalista Daniel Mendes concedeu entrevista exclusiva ao Blog do Robert Lobato e entre os questionamentos feitos, Mendes respondeu sobre a rejeição de Edivaldo Júnior.
”Se a rejeição fosse à pessoa física do prefeito, suas qualidades humanas, seria muito grave. Mas como, aparentemente, é mais ao gestor, caberá à campanha dele desfazer essa imagem. Não irá desfazer de toda, mas pode diluir o suficiente para dar a ele mais competitividade no segundo turno”, afirmou.

E A FOTO DO REJEITADO...


E ainda saiu, no blog do Aragão, a foto do rejeitado..., uma  foto sorridente, com o povo:

O Rejeitado


FALTA DE ESCOLHA?


Não entendi a frase da deputada Andrea sobre a eleição para a prefeitura de São Luís:

“Acho inacreditável, no mundo de hoje, eleger-se prefeito por falta de escolhas”...

Tá faltando completar alguma coisa na frase da Andrea.

PMDB COM WELLINGTON?


Tem fogo queimando o Fábio no PMDB. A Roseana estaria querendo - e luta - para que o partido fique com Wellington do Curso na disputa pela prefeitura de São Luís. Mas o João Alberto prefere o vereador Fábio Câmara...

POR QUE NÃO LANÇAR A ANDREA?...


Ainda não entendi, nesta luta dentro do PMDB, o veto ao nome da Andrea. A deputada colocou seu nome à disposição do partido e o carcará vetou... Quais são as razões? Andrea não é eleitora de São Luís? Não é filiada ao PMDB?

E O PT ROMPE COM HOLANDINHA...


É verdade ou intriga? A notícia tá nas ruas e navega nos blogs:  PT suspende aliança com Holandinha e ameaça apoiar Wellington, em São Luís.

EM CURITIBA...


Em Curitiba, parece aos nossos olhos uma disputa também cheia de lances sensacionais. Tem novidade! Claro que tem. Quem vai ganhar? O Greca? O Fruet renova o mandato? O Ney chega? A Victória tem chances? E o Requião Filho continua com esperança?... Depois eu conto...

Nenhum comentário: