Busca

segunda-feira, 29 de agosto de 2016

Crônica do amanhecer

Hélcio Silva

(29/08/2016)


TOSSE BRABA


Amanhece o dia e eu lembrando a vó Luiza falando pra vizinha:

- Comadre Mundica vem cá em casa pra gente preparar um xarope de hortelã da folha grossa “prêsse” menino que tá cheio de catarro. Não dormiu a noite toda. Tossiu mais que cachorro com tosse braba –

Assim, vó Luíza e dona Mundica começavam a preparar, no fogo de carvão a lenha, a Santa Hortelã da Folha Grossa que, com pouco tempo, botava o catarro pra fora.

Hoje, já nos dias finais do julgamento da Dilma, aparece essa acatarrada no meu peito, quando já não tenho mais a vó Luiza e nem a Dona Mundica para o preparo do hortelãzão...

E lembro que nem isso o SUS faz pra gente!...

Aliás, hoje será o dia da cerimônia do adeus da Dilma!

O que ela dirá aos senadores e ao Brasil?... Terá a coragem de repetir que é vítima de golpe?

Espanto-me!

E eu já estou intoxicado de tanto espanto!...  E qual é esse espanto que tanto me espantou?...

Ué! Não sabem?

O Dino - comunista que nunca foi comunista - atual governador do Maranhão - escreveu mais um artigo com o título: Cem obras em agosto...

Acho que foi um engano de grafia... Estaria ele querendo escrever Sem obras em agosto?...

Jogo de incertezas? Pode ser!...

O governo exagera na propaganda, por isso, o povo precisa arrochar na cobrança. Cobrar mesmo e botar potência na cobrança... Ué, por que não? Se o governo exagera na propaganda, o povo pode acelerar na cobrança.

Recebi do amigo Gerson Lima uma carta na minha caixa eletrônica, em que destaco o texto inicial:

Prezado Hélcio Silva,

- Desde as Minas Gerais, instigado por seu poema "Tá tudo tão diferente", por sua justa exaltação do trabalho e da luta do homem do campo e pela justa indignação com os engravatados do reinado de Dino, tomo a iniciativa de enviar-lhe o endereço do Jornal Resistência Camponesa - .

O assunto homem do campo é tão importante que o abordarei logo após o processo do impeachment da Dilma...

Precisamos lutar para que o homem do campo tenha vez neste país!... Seja valorizado realmente e seu trabalho respeitado. Voltarei a este tema...

E no sábado, o ministro Ricardo Lewandowski fez uma ligeira confusão de nomes: chamou o senador Cristovam Buarque, do PPS do Distrito Federal, de “Cristovão Colombo” – isso mesmo, o navegador genovês que descobriu a América...

Aliás, na história das vidas cósmicas, quantas existências teve Cristovão Colombo no planeta Terra?

Há anos fiz uma leitura, como parte de minhas pesquisas neste mundo cósmico / espiritual, das existências de Colombo... Ele foi algumas das mais importantes personalidades do mundo. Teria sido o Conde de Saint Germain. Colombo foi apenas uma das mais recentes.

Pois é! Tô indo, com essa constipação inquietada no meu peito, caçar hortelã da folha grossa para um bom lambedor... Prefiro caçar hortelã que pokémon...

Pokémon não vai curar meu peito...

Bom dia meus amigos e minhas amigas... Até mais ver!

Nenhum comentário: