Busca

sábado, 19 de novembro de 2016

STF abre novo inquérito para investigar Renan: agora é sobre movimentação de R$ 5,7 mi



O ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou a abertura de um novo inquérito para investigar o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL). O pedido de abertura de inquérito foi encaminhado pela Procuradoria-Geral da República (PGR) à Corte em fevereiro, mas houve demora na definição de quem seria o ministro relator responsável pelo caso. Com isso, Renan é oficialmente investigado em 12 casos - sendo que em um já há denúncia oferecida.

Nenhum comentário: