Busca

quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

Com gol de Dudu, Brasil vence Jogo da Amizade contra Colômbia e voltará a liderar ranking da Fifa

ESPN


Teve homenagem para a Chapecoense e para os sobreviventes da tragédia do ano passado. Teve vários jogadores que atuam no Brasil com chances para mostrar serviço ao técnico Tite. E teve também o que menos importava: vitória e a volta garantida à ponta do ranking da Fifa.


Neto Alan Ruschel, Follmann e Rafael Henzel foram homenageados antes da partida

Nesta quarta-feira, no estádio Engenhão, no Rio de Janeiro, a seleção brasileira venceu a Colômbia no Jogo da Amizade por 1 a 0 na abertura de sua temporada

O único gol da partida aconteceu no começo do segundo tempo e foi de Dudu, do Palmeiras.

Na estreia do time em 2017, Tite só pôde convocar atletas que atuam no Brasil. No total, foram 23 atletas chamados. A comissão analisou 48 nomes e também se baseou na condição física dos jogadores.

Homenagens
Com finalidade de arrecadar renda para as famílias das vítimas da tragédia do dia 29 de novembro, o pré-jogo do amistoso também teve homenagens.

Sobreviventes, Alan Ruschel, Follmann, Neto e o jornalista Rafael Henzel foram recebidos no gramado. O hino da Chapecoense foi tocado e acompanhado por palmas do público. O quarteto ainda cantou o hino nacional antes do jogo ao lado dos titulares escalados por Tite.

No total, 18.695 pessoas estavam no estádio. A renda foi de 1,2 milhão de reais.

Ranking da Fifa
O triunfo fez com que a seleção somasse mais 582 pontos no ranking da Fifa. É o suficiente para ultrapassar a Argentina, que aparecia com 90 pontos de vantagem. É a primeira vez que o Brasil vai liderar a lista desde 2010.

Primeiro tempo no quase
Na primeira de partida, a seleção brasileira criou duas boas chances de abrir o placar. Willian Arão aproveitou uma bola que sobrou após corte da defesa, mas seu chute foi para fora; e Lucas Lima, após bom passe de Dudu, soltou uma pancada, mas o goleiro González defendeu.

Já os colombianos viram a melhor oportunidade parar na trave. Aos 34 minutos, Após cruzamento da direita, o meio-campista Uribe apareceu no meio da área e cabeceou no poste esquerdo do goleiro Weverton.

Gol de Dudu
Para a segunda etapa, Tite promoveu três alterações: Jorge no luga rde Fábipo Santos; Diego no lugar de Robinho; e Rodrguinho na vaga de Willian Arão. E foi o atleta corintiano o responsável por iniciar a jogada do gol brasileiro.

Ele recebeu na direita e esperou a ultrapassagem de Fágner. O passe saiu um pouco forte, mas o lateral conseguiu evitar a saída e cruzou rasteiro. Diego Souza ganhou a disputa e arrematou para a ótima defesa do goleiro. Na sobra, a bola subiu, e Dudu cabeceou para marcar.

A Colômbia respondeu pouco depois, quando Weverton fez boa defesa em cobrança de falta de Bocanegra.

No fim, a seleção dominou mais o jogo com as alterações nas duas equipes, mas o placar permaneceu em 1 a 0.

FICHA TÉCNICA
BRASIL 1 x 0 COLÔMBIA

Local: Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 25 de janeiro de 2017, quarta-feira
Horário: 21h45 (Brasília)
Árbitro: Jorge Ignacio Baliño (ARG)
Assistentes: Lucas Andres Germanotta e Gabriel Alfredo Chade (Ambos da Argentina)
Cartões amarelos: BRASIL: Geromel, Lucas Lima, Rodrigo Caio. COLÔMBIA: Abel Aguilar
Renda: R$ 1.219.675,00
Público: 18.695 pagantes

GOLS:
BRASIL: Dudu, 1 minuto do 2T

BRASIL: Weverton; Fagner, Geromel, Rodrigo Caio e Fábio Santos (Jorge); Wallace, Willian Arão (Rodriguinho) e Lucas Lima (Gustavo Scarpa); Robinho (Diego), Dudu (Camilo) e Diego Souza (Luan)
Técnico: Tite

COLÔMBIA: David González; Bocanegra, Felipe Aguilar, Tesillo e Farid Díaz (Balanta); Uribe, Abel Aguilar (Cuéllar) e Macnelly Torres (Santiago Montoya); Teo Gutiérrez (Berrío), Copete (Hernández) e Borja (Rangel)
Técnico: José Pékerman


Nenhum comentário: