Busca

quinta-feira, 23 de março de 2017

Vereadores de Curitiba prometem diálogo aberto com professores em greve



O líder do prefeito na Câmara Municipal, Pier Petruzziello (PTB), prometeu manter o diálogo aberto com os professores da rede municipal de ensino de Curitiba. O vereador recebeu a pauta de reivindicações, na manhã desta quinta-feira (23), de integrantes do Sindicato dos Servidores do Magistério Municipal (Sismmac). Em greve desde a quarta-feira passada (15), os professores reuniram-se hoje em frente ao Legislativo para protestar contra as medidas de ajuste fiscal anunciadas pelo Executivo.

“O prefeito se comprometeu a recebê-los hoje à tarde”, garantiu Petruzziello. “Vamos priorizar o diálogo, as negociações. Mas eu quero, enquanto vereador, ter a responsabilidade de que Curitiba garanta o pagamento dos salários dos servidores, de não ver a nossa cidade chegar à situação do Rio de Janeiro ou de Porto Alegre”, ponderou. Os dirigentes sindicais também conversaram com o Professor Silberto (PMDB), Professora Josete (PT), Goura (PDT) e Cristiano Santos (PV).

Na conversa com o líder do prefeito, os membros do Sismmac cobraram negociações mais efetivas com a administração municipal. “Até agora o que tivemos foram reuniões com exposição de dados, mas nenhuma negociação”, afirma a professora Diana Abreu. Entre os temas elencados pelos trabalhadores está a alteração nas regras do Instituto de Previdência dos Servidores do Município de Curitiba (IPMC) e o não cumprimento da transição entre o antigo plano de carreira do magistério para o novo, aprovado pela Câmara em 2014 (leia mais).

A vereadora Professora Josete (PT), que acompanhou a reunião com o líder do prefeito, espera que o Executivo tenha sensibilidade às questões dos servidores. “Até agora nem o prefeito nem os secretários municipais receberam os professores para uma conversa. Além disso, não houve um diálogo sobre como seria feita a transição entre os planos de carreiras e isso acarretou em perda salarial aos professores, já que a nova lei está há três meses sem ser cumprida”, pontuou.

Manifesto

O presidente da Câmara Municipal, Serginho do Posto (PSDB), informou que será aberto um espaço, durante a sessão plenária da próxima segunda-feira (27), para que representantes do Sismmac possam apresentar suas reivindicações. “Vamos receber os professores durante a sessão, num momento em que todos os vereadores estarão receptivos às demandas dos servidores”, garantiu Serginho. Nesta semana, o presidente já anunciou que as propostas do Executivo serão discutidas na Câmara com “serenidade e seriedade”

Nenhum comentário: