Busca

quarta-feira, 5 de abril de 2017

Meu Deus, onde estamos?


Crônica da tarde

Hélcio Silva

“O Brasil precisa ser feliz, com Lula”..., é o que pensa uma senadora.

“As estrelas ameaçam ao recolhimento, com vergonha / A lua não vai querer aparecer, quando a noite chegar / E o sol fala em esconder a sua Luz...” -

É o protesto do Universo!

Não é poesia nem coisa de poeta... É protesto de um brasileiro andante!

Será triste, se o Brasil voltar ao passado...

É o anúncio de uma grande maldade, dizer-se, à Nação, que a volta de Lula é fazer o Brasil feliz...

Li agora - logo depois do almoço - em um blog de Curitiba, a frase que transcrevo abaixo:

“O Brasil precisa ser feliz de novo com Lula e o PT!”, diz a carta da senadora Gleisi Hoffmann.

Gente! O caminho não é este... Vamos respeitar o povo brasileiro...

Não apenas Lula nem Gleisi e nem outros demais envolvidos em denúncias, citações ou como réus podem pedir a volta do Brasil a um passado cruel que quebrou a Nação e produziu mais de 13 milhões de desempregados...

Há no Brasil um quadro triste: crianças passando fome, crianças sem escola, crianças morrendo por diarreia..., sem atendimento... Um Brasil de sofrimento, onde a riqueza está concentrada nas mãos de poucos... Uma Nação de cruel desigualdade social: um abismo profundo que escraviza e condena os mais pobres a um estado de miséria.

Deus!... Meu Deus! Proteja o povo brasileiro...

Vemos gente chorando porque não tem seu emprego / Vemos criança chorando com fome / Vemos gente chorando porque não pode colocar seu filho numa escola digna.../

E a todos – principalmente aos mais desesperados – lembramos parte da prece de quando Jesus subiu ao Monte e disse à multidão:

Bem-aventurados os que choram, porque eles serão consolados;
Bem-aventurados os mansos, porque eles herdarão a terra;
Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque eles serão fartos;
Bem-aventurados os misericordiosos, porque eles alcançarão misericórdia;
Bem-aventurados os limpos de coração, porque eles verão a Deus;

Muda, Brasil...

Nenhum comentário: