Busca

sexta-feira, 4 de agosto de 2017

Maduro ameaça prender opositores que tuítem contra Constituinte


O ditador da Venezuela, Nicolás Maduro, ameaçou prender por trinta anos os usuários do Twitterque postaram mensagens contra as eleições para a Assembleia Nacional Constituinte, que ocorreram no último domingo, 30, no país. A intimidação foi feita em um programa da rede VTV, mesmo canal que exibe o programa Domingos com Maduro, na quarta-feira 2.

“O que fez a oposição no dia 30 de julho? No Twitter, eles enlouqueceram. Com os tuítes que publicaram deveriam ser jogados na cadeia por trinta anos, todos eles (…) Fazer justiça nos próximos dias será a tarefa da Assembleia Constituinte”, disse o ditador.

Nenhum comentário: