Busca

sábado, 28 de abril de 2018

Uma poesia de convite à prece

AFLIÇÕES

Múcio Teixeira

Nevoeiro. Torpor... Eis que a treva se adensa.
E na senda abismal, sem luz que a reconforte,
Vagueia a multidão dos viajores da morte,
Sob rude aquilão na treva espessa e imensa.

Trazem na mente em sombra a insensatez sem norte,
O vício, a usura, a inveja, a maldade e a descrença
O desencanto, o fel. .. e tudo o que condensa
A dor de quem viveu no escárnio à própria sorte.

Irmãos que partilhais os dons da escola humana,
Vinde à prece e ajudai a triste caravana
Em desesperação no caminho inseguro! ...

E aprendei, desde agora, a servir cada instante,
Preparando no bem luminoso e incessante
A glória do presente e a ascensão do futuro.

Imagem Google

Nenhum comentário: