Busca

terça-feira, 22 de maio de 2018

Mensalão Mineiro: Desembargadores rejeitam recurso e determinam prisão de Eduardo Azeredo


Desembargadores do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJ-MG) rejeitaram o último recurso da defesa do ex-governador Eduardo Azeredo e determinaram a prisão imediata do ex-governador.

O tucano foi condenado a 20 anos e um mês de prisão por peculato e lavagem de dinheiro no mensalão mineiro. O esquema, conforme denúncia do Ministério Público, desviou cerca de R$ 3,5 milhões de estatais como o Banco do Estado de Minas Gerais (Bemge) e a Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) para a campanha do tucano pela reeleição em 1998, quando foi derrotado por Itamar Franco.

Nenhum comentário: