Busca

segunda-feira, 21 de maio de 2018

Verônica sem água...


Crônica das 11 horas

De Hélcio Silva

(21 / 05 / 2018)


Acordo pela manhã! Um povo sofrido, sem o pão! Um Brasil sem esperança, carregando seus desempregados!  São ainda 13 milhões, quase todos desesperançados!... Muitas crianças sem Escola, sem Saúde Pública, sem água de qualidade, sem comida diária na mesa, morando em áreas sem saneamento, sem segurança!...

Adultos também, carentes de tudo... Velhos desamparados são muitos, também!

Nesta sociedade injusta traçando um cruel desequilíbrio, onde o rico fica cada vez mais rico e o pobre cada vez mais pobre! Vejo isso e muito mais do que isso!...

Esconder-me onde?... Esconder-me para nunca mais ver isto..., onde?

Talvez na mata, na mata grande ou mesmo na matinha...

Vou pra matinha, onde água abundava... rios perenes... sempre perenes!...

Não! Não mais perenes como pensava ser!... A matinha mudou!

Hoje é matinha com sede, sem água para beber!...

A prefeita calada nada diz para esclarecer...

No bairro da Verônica, na Matinha, não tem mais água para o povo beber...

Matinha é um município da baixada maranhense, praticamente abandonado pelo poder público...

Em recente reunião, a prefeita de Matinha e o Governador do Maranhão prometeram trabalhar pelo povo do município... Foi só canto de siricora... 

O povo do bairro Verônica está sem água, leio no face, em texto de Leidelaura, protestando!...

Mas outras localidades estão também sem água, em Matinha... Faz tempo que a crise se prolonga no município... E faz tempo que a população reclama... A prefeita silencia. O governador faz que não sabe...

Quase todos os municípios da baixada do Maranhão estão abandonados pelo poder público: são muitos os problemas! Os prefeitos e o governador tapam os ouvidos e os olhos...

Esta é a verdade!

Podemos fazer uma pequena fila: Viana, Penalva, Matinha, Olinda, São João Batista, São Vicente, Cajapió, São Bento, Pinheiro e além de outros municípios abandonados pelo poder público... São problemas parecidos com prefeitos parecidos, sob o comando de um governador parecido, todos com o mesmo quilate de inoperância... ´

Tudo parecido!

Tenho dito...

Já disse!

Nenhum comentário: