Busca

quinta-feira, 11 de outubro de 2018

A VERDADE NÃO TEM MEDO

(11 / 10 / 2018)


ACORDEI CEDO



Hoje acordei cedo, bem cedo – apesar da cruzeirada pra “riba” do coringão: O Jair saiu triste de BH, do Mineirão! Mas o placar mais elástico da noite não foi no futebol!!! Passou pela política: O Bolsonaro começou com 58 pontos à frente dos 42 do Haddad, uma diferença muito grande em se tratando de um início de jogo. O Haddad vai ter que insistir em muitas jogadas de três pontos.

DO PÉ DO CAJUEIRO VI MHARIO E O TEMPO

Quem quiser acreditar, vai crer! Vi meu pé de cajueiro no fundo do quintal, antes dos raios do Sol. Olhei passar em suave voo um bem-te-vi acordadeiro lendo versos da Academia Poética Brasileira: uma imagem do Mhario também chegou e acordou outros poetas da terra, nesta Ilha de Upaon-Açu, onde moram alguns Jair’s e outros Haddad’s (essa é a nova forma de fazer-se plural na fluidificação do atual quadro político brasileiro). Todavia, por um bem maior, aqui também há, em grande número, os que não são nem Jair nem Haddad... Acham-se mais felizes, dizem ao vento e ao tempo.

OXENTE! AQUI É ASSIM: OU É HADDAD OU É JAIR

O PT, em tempo sábio, embora tarde demais, deixou Lula em estado de repouso, em belo e luxuoso salão da PF. O Lula será bem melhor para o PT, fora da disputa. Lula sempre quis sem maior que o PT; mas não é, e nem será!... Quem viu o PT nascer, sabe disso – O valor histórico do partido é maior que Lula..., e assim será!

POEMA DO MEU TEMPO...

Gosto de fazer poema sobre o tempo. O tempo não tem passado nem futuro: ele é sempre presente. Meu último poema sobre o Tempo é este:

O Tempo

Hélcio Silva


Nada é fora do tempo /

Tudo acontece nos limites do tempo /...

O nascer é só no tempo /

O crescer vem com o tempo/

O amor chega e se vai com o tempo/

A saudade fica por todo tempo/

(21/07/2016)

MARINA E AMOÊDO...

Ontem, conversei por vários tempos da noite com um filho meu que mora no Canadá: é o André. Conversamos demoradamente sobre o quadro político brasileiro. Ele, como outros brasileiros que residem no exterior, amam o Brasil e participam da vida brasileira, com profunda preocupação sobre o futuro do País. No final, concordei com uma afirmativa dele de que os melhores candidatos para o Brasil seriam o Amoêdo e a Marina...

MINHA COLUNA DE ONTEM...

Ontem escrevi minha coluna “A VERDADE NÃO TEM MEDO” sobre breves histórias de Lula ou com Lula, com citações de coisas que aconteceram. Transcrevo, abaixo, a Coluna de ontem para os que não leram. Vejam:

A VERDADE NÃO TEM MEDO


(10 / 10 / 2018)


LULA ERA A ESPERANÇA....

De seus olhos brilhava a fé de um povo! A sua fala era a firmeza de uma luta pela Nação, pelo povo brasileiro, pelo trabalhador abandonado, pelas reformas que a gente queria!
Lula chegou ao Maranhão, pela primeira vez, para fortalecer a criação do PT (Partido dos Trabalhadores). Aqui chegou pelas mãos e pelos ideais do brilhante deputado federal Domingos Freitas Diniz (Dominguinho).
Não vou me perder às datas, saberei lembrar-me das épocas. Eu era jovem (Freitas Diniz também, um pouco mais velho que eu). Não tenho notícias do Freitas, tenho lembranças gloriosas de um grande homem, um lutador pelas causas de um povo, com dedicação de luta pelo Maranhão e pelo futuro do Brasil. Um cidadão muito melhor do que eu, muito melhor do que todos os políticos maranhenses da época. Faço uma pausa! A emoção parece dominar-me na alma, com saudade dos tempos em que a política era a razão que transformaria uma sociedade e a levaria aos caminhos do progresso e do desenvolvimento!

A REUNIÃO DA CASA DE JOÃO PAULO

João Paulo era um homem comum, de forte ideal político, dono de uma quitanda (pequeno comércio) no bairro do Tirirical, próximo ao mercado da localidade. João Paulo vestiu-se de preto, postou luto, em protesto contra o golpe militar de 64. Usou luto até a sua morte física. Foi na casa de João Paulo o primeiro encontro de Lula com a nossa tropa de luta, comandada por Freitas Diniz (Não tenho muita certeza, mas acho que Julião Amim, então companheiro na época, estava presente. Houve uma feijoada servida no almoço. Lula, com muita fome – acho que sim – foi quem mais comeu.

O MAIS VIOLENTO DISCURSO CONTRA SARNEY

Durante o almoço, conversa apenas. Depois da feijoada os discursos para pouca gente (a quitanda do João Paulo era pequena). Pronunciamentos inflamados de todos nós contra o regime militar e contra o Sarney. Nenhum, todavia, mais forte que o de Lula. Lula chamou Sarney de tanta coisa que você venha imaginar, ou até não imaginar! Parecia ter dentes afiados e garganta forte na trituração do Sarney, disse coisas mais contundentes e fortes que o Lacerda poderia ter dito contra Getúlio. Foi aplaudido e abraçado por todos nós, pequeno grupo de idealistas seguidores.

A ÚLTIMA FRASE...

Naquela reunião na quitada do João Paulo, o Lula encerrou o discurso dizendo: “O Maranhão só será livre quando o povo maranhense se libertar do Sarney. O Sarney é o câncer do Maranhão”.

OS TEMPOS NÃO SE APAGAM!

Os tempos são testemunhas da história. O tempo registra tudo, carrega os ventos em seus arquivos: Não há tempo sem arquivo: “nada farás que não seja lembrado”.

O TEMPO QUE TE REVELA...

E o tempo revelou Lula!
E depois de longos períodos de tempo, de lutas gloriosas, de grandes batalhas, Lula chega à presidência da República, com uma força extraordinária, carregado pelos braços fortes do povo. O povo vibra, o povo chora de alegria, o povo grita a esperança que guardava no peito: o povo é Lula... Lulalá!... O Lula é o povo!

O ABRAÇO AOS CORONÉIS...

E logo no início de seu governo, o Lula abraçou os coronéis; o mais abraçado e elogiado era o Sarney. O nosso coronel passou a ser o “bita” do Lula: a tudo, o Lula se aconselharia com o coronel bita, seu guia espiritual no campo da política. Outros coronéis como Renan, Jáder, Jucá, Temer e demais se juntaram a Lula, e lula se juntou a eles...

ESTOU MENTINDO?

Ah!... Claro que não estou mentindo: o PT aliou-se ao Sarney e o Sarney abraçou o PT. Meu querido amigo Washington, petista de confiança de Lula, tornou-se vice de Roseana. Washington chegou a assumir o governo do Maranhão algumas vezes em substituição a Roseana Sarney...

APROXIMAÇÃO DA ESQUERDA COM O SARNEY

No Maranhão, a aproximação da esquerda com o Sarney foi quase completa. O PCdoB, hoje propriedade política do Flávio, ocupou importantes cargos no Governo Roseana, inclusive a direção e o comando do ITERMA (Instituto de Terras do Maranhão).
Estou mentindo? Claro que não! A verdade está marcada no tempo da história!

ESSE É O CARA!

Durante um encontro do G-20, em Londres, em abril de 2009, Obama diz que Lula é o político mais popular da Terra – E afirmou perante as maiores lideranças políticas do Mundo, do planeta: “Esse é o cara!” –

O BRASIL VIVIA A EUFORIA DE LULA

Lula passou a sentir uma forte sensação de bem-estar, ele era o Rei, parecia pensar-se um Deus, acima do bem e do mal. Sem a bússola da razão, perdeu o rumo e a orientação... Perdeu-se na história, que parecia ser brilhante se houvesse seguido a pauta da razão...

O ESTADO EXAGERADO DA CONSCIÊNCIA DO PODER

O Lula, em êxtase de euforia política, criou nele mesmo um estado exagerado de poder... Foi o fim! É o fim!... Não navegou nos mares brandos da humildade!

UM CONDENADO APENAS...

Na realidade dos fatos, Lula é hoje, ainda para alguns, um líder; porém não mais um líder para todos. É hoje, na sentença do Direito, um condenado a 12 anos de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro...

NINGUÉM É MAIOR PELO PODER QUE PENSA TER...

Meus amigos, bom dia! Neste mundo de passagem – uma curta existência no planeta – ninguém pode fazer-se maior do é...

DEUS ILUMINE O BRASIL

Deus ilumine a todos! Até mais ver! 

Nenhum comentário: