Busca

sábado, 26 de maio de 2018

Devaneio - Meu poema da solidão

Devaneio

Hélcio Silva

Ilha de Upaon-Açu

21 / 05 / 2018)


O que é devanear?
É sonhar em fantasia?
Não!
É fantasiar nossos sonhos...
Que já não sonham...
Que se perdem perdidos na solidão...
Solidão de uma vida que parece não viver...
Ou que vive sem viver, procurando viver...
Devaneio em vida de uma vida que nem sei!
Procurando viver meu próprio devaneio!...
Em devaneio, virei éter...
Fluido que se perde no cosmo...
Viaja pelas entranhas do infinito...
Em estradas sem fim...
Um fim que não tem fim...
E por fim...
Não sei quem sou!
Nessa viagem sem fim!...

Um comentário:

Raimunda Lucinda Martins disse...

SENSACIONAL POEMA! VERDADEIRO