Busca

terça-feira, 17 de março de 2015

Garis e coletores de lixo entram em greve por tempo indeterminado no PR

Trabalhadores de Curitiba pedem reajuste salarial e aumento do vale-refeição. Roçadores e serventes de limpeza também estão de braços cruzados.

Do G1 PR


Os funcionários da limpeza pública de Curitiba decidiram entrar em greve por tempo indeterminado a partir desta terça-feira (17). A decisão foi tomada durante uma assembleia realizada por volta das 7h. Segundo o sindicato da categoria, Siemaco, a paralisação conta com a adesão de 100% dos trabalhadores - cerca de 2,5 mil pessoas. Entre as funções dos trabalhadores que pararam estão coletores de lixo domiciliar, garis, roçadores e serventes de limpeza.

Os funcionários exigem reajuste de 20% nos salários e de 30% no vale-refeição. A última proposta apresentada pela empresa Cavo, responsável pelo serviço na capital, foi de 7,7% de reajuste nos salários em março, com mais 1,3% em setembro. Atualmente, os salários dos trabalhadores variam entre R$ 945,94 e R$ 1.118,26, dependendo da função.

O Ministério Público do Trabalho marcou uma reunião com representantes da Cavo, Siemaco e Prefeitura para tentar um acordo coletivo a partir das 15h desta terça.

Medidas emergenciais

Em nota, a Prefeitura de Curitiba informou que "o serviço de coleta e transporte de resíduos na capital é executado por empresa contratada – a Cavo –, à qual cabe negociar salários e benefícios com os trabalhadores da área, representados por seu sindicato, o Siemaco".

O texto diz ainda que "embora reconheça a legitimidade do  movimento, a Prefeitura lamenta que a proposta apresentada na segunda-feira pela empresa não tenha sido acatada pelos trabalhadores".

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente informou que montou um planejamento especial para minimizar os impactos da paralisação. Caçambas adesivadas pelo Departamento de Limpeza Pública estão disponíveis nos terminais de transporte coletivo para receber resíduos levados pela população, mas a orientação é para que, sempre que possível, os resíduos sejam retidos em casa até que a situação se normalize ou que seja definida a escala de coleta emergencial nos bairros.

Nenhum comentário: