Busca

quarta-feira, 8 de abril de 2015

Não aguenta o teste do pezinho!


A cidade de São Luís não aguenta o teste do pezinho. Basta um pezinho d’água – mesmo com chuva leve – o asfalto da cidade vai logo se largando; e a água, quando mais forte, vai levando lixo acumulado nas ruas e becos, além de carregar as águas pesadas de esgotos a céu aberto... E se for um porreta pé d’água..., aí é um desastre!
Assim está São Luís, infelizmente!
O prefeito da cidade é jovem, e todos torciam por ele. Havia na cidade uma euforia, uma corrente de forte energia coletiva para ele ser o prefeito. O sorriso do jovem, durante a campanha, irradiava esperança. O seu palavreado de promessas representou – durante a campanha – o símbolo da fé!...  Suas mãos para o céu, no discurso de sua posse, fez o povo acreditar que ele tinha alguma coisa diferente, abençoada pelo céu: algo mais divino que qualquer outro político...
E o que aconteceu?
Não sabemos!
A cidade não vem sendo bem administrada... Não há prefeito em São Luís, por enquanto!
Há, todavia, uma esperança de um fato quase impossível de acontecer...   
Qual seria então a decisão a ser tomada?
Romper os acordos políticos assumidos durante o período eleitoral, demitir os secretários incompetentes; diminuir o tamanho da máquina administrativa, reduzindo pela metade o número de secretarias e de assessores. Buscar ajuda onde for possível, principalmente de quem conhece e realmente ama a cidade.  Cercar-se de técnicos competentes, que não tenham interesses eleitorais ou gulas por cargos ou poder, e que possam elaborar e executar um projeto de obras essenciais para a cidade, e preparar o planejamento político/administrativo para o futuro do município como um todo.
Mas tem que ser agora... Começar já!

De HS, direto de Upaon-Açu... 

Nenhum comentário: