Busca

segunda-feira, 27 de abril de 2015

"Se misturamos a vontade de ter dinheiro com a política estamos fritos"

A história de José Mujica é um exemplo de correção política... Aquela frase que ele disse quando ainda era presidente do Uruguai deve ter engasgado na garganta de muitos políticos: "Quem gosta muito de dinheiro tem que ser tirado da política."
Hoje, reli uma matéria publicada na BBC com relação a Mujica, com o título: 'Quem gosta de dinheiro tem que ser tirado da política'...
E fico pensando, "vai sair muita gente!"
Veja só o começo da matéria publicada no último dia 23 na BBC... Só um pedacinho dela, com a foto de Mujica:

Mujica: 'Quem gosta de dinheiro tem que ser tirado da política'


Prestes a completar 80 anos, o ex-presidente uruguaio José Mujica diz que a corrupção afeta "a todos" na América Latina, mas que "quem gosta muito de dinheiro deveria ser afastado da política".

Em entrevista exclusiva à BBC Mundo, Mujica comentou a corrupção em países como México e Brasil, e afirmou que a "vontade de ter bens materiais" não se relaciona bem com o serviço público.

"Sempre disse aos empresários: se eu souber que pediram alguma propina a vocês e vocês não me avisaram, teremos uma relação péssima. Com essa declaração, não havia abertura para que me oferecessem nada."

"Se misturamos a vontade de ter dinheiro com a política estamos fritos. Quem gosta muito de dinheiro tem que ser tirado da política. É preciso castigar essa pessoa porque ela gosta de dinheiro? Não. Ela tem que ir para o comércio, para a indústria, para onde se multiplica a riqueza", declarou.

Nenhum comentário: