Busca

sábado, 18 de julho de 2015

Agora é PT, Lula e Cunha...

É ele... Até ele!... Ele também!


A crise política ganhou contornos ainda mais dramáticos no fim desta semana, com as novas acusações de corrupção contra o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, e sua decisão de romper com o governo anunciada na manhã desta sexta-feira.
Além disso, a decisão do Ministério Público Federal de investigar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva gerou mais um noticiário negativo para o PT.
Mas, se de um lado a situação do Planalto ficou ainda mais delicada, do outro o superpoderoso presidente da Câmara também ficou mais fragilizado diante das acusações de que teria cobrado propina de 5 milhões de dólares (de dólares???) dentro do esquema de corrupção da Petrobras.

Nenhum comentário: