Busca

terça-feira, 4 de agosto de 2015

Encontro em Santa Felicidade abriu série de consultas públicas para o Orçamento de 2016


Mais de 200 pessoas compareceram nesta terça-feira (4) ao Clube de Pesca Vêneto, em Santa Felicidade, para a primeira das nove consultas públicas em que serão discutidas e apresentadas sugestões para a Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2016. Até o próximo dia 20, ocorrerão encontros em cada uma das administrações regionais de Curitiba, sempre a partir das 16 horas. O prefeito Gustavo Fruet esteve presente no encontro com a população, acompanhado de secretários municipais.
Ao longo das duas horas da consulta, 221 mil pessoas foram impactadas por meio das redes sociais. Destas, 2.957 interagiram. Foram encaminhadas 23 sugestões, que tiveram respostas encaminhadas imediatamente. As pessoas que compareceram pessoalmente à consulta encaminharam 315 sugestões, sendo 48 às nove mesas setoriais e 267 depositadas nas urnas.
“O objetivo principal destas consultas é de abrir o diálogo com a população e permitir que o maior número de pessoas possa encaminhar suas sugestões para a cidade. É um canal de comunicação com a comunidade muito importante e democrático”, disse o prefeito.
Assim como em outros encontros com a comunidade, o prefeito Gustavo Fruet recebeu pessoalmente as sugestões dos moradores.
Foi o caso de Pedro Vidal Filho, presidente do Conselho de Segurança do São Braz. Ele encaminhou um projeto para solucionar os congestionamentos do Viaduto do Orleans, que cruza a Rodovia do Café.
“Mostrei ao prefeito que a duplicação do viaduto, que muitos defendem, não é a solução. Nosso projeto propõe intervenções no entorno do viaduto que irão desafogar o trânsito e custar muito menos”, disse.
O projeto, elaborado por engenheiro integrante do Conseg do São Braz, foi encaminhado à Secretaria Municipal de Trânsito (Setran), que irá analisar a possibilidade de sua implantação.
Moradores do bairro Orleans encaminharam um abaixo-assinado ao prefeito, no qual solicitam uma solução para alagamentos em ruas da região, entre elas, a Yolando João Toninelo. “O prefeito foi bastante receptivo e há a possibilidade da nossa demanda ser incluída na LOA de 2016”, disse Antônio Prim, presidente da Associação Comunitária Vila Real.
Estiveram presentes à primeira consulta pública da LOA 2016 os vereadores Paulo Salamuni, Tito Zeglin, Chicarelli, Mauro Inácio, Julieta Reis e Giovani Fernandes.
A próxima consulta acontece nesta terça-feira (5), na Regional Administativa Pinheirinho. O encontro com a população será na Paróquia São José, no Largo Albino Vicco, 32, no Capão Raso.
Modelo
O modelo definido para as consultas permite aos cidadãos encaminharem questões e sugestões de forma presencial ou por meio das redes sociais (Facebook e Twitter), Central 156 e também por meio do sistema LOA/LDO disponível na página da Prefeitura, no endereço www.curitiba.pr.gov.br/participe.
Além desses canais de comunicação, as pessoas também poderão enviar sugestões por meio de urnas instaladas em todas as administrações regionais. Para isso, deverá ser preenchido o formulário para o processo de consulta pública.
O espaço da consulta pública vai ser organizado em grupos, divididos por assuntos afins. Os interessados deverão encaminhar suas questões por escrito em uma ficha.
Os grupos serão sobre saúde; educação; habitação; ação social; cultura, esporte, lazer e juventude; trabalho, turismo e desenvolvimento econômico; gestão e serviços; estrutura da cidade; e mobilidade. As respostas aos cidadãos serão dadas pelos secretários e sua equipe, nos respectivos grupos.
As perguntas que não forem respondidas na consulta (caso a pessoa não esteja presente, ou ainda, caso o tempo da consulta esteja esgotado), terão as respostas enviadas via e-mail, telefone ou correios.
A Lei Orçamentária Anual é a proposta detalhada do orçamento que será executado pela Prefeitura no ano que vem. Depois de discutido com a população, o documento será apresentado em uma audiência pública final, no dia 28 de setembro, para em seguida ser encaminhado para a Câmara Municipal.

Nenhum comentário: