Busca

terça-feira, 20 de outubro de 2015

Uns comunistas de mentirinhas


Crônica do entardecer

Por Hélcio Silva

(20 / 10 / 2015)





A esquerda brasileira morreu, o lulismo sepultou...
A esquerda que conheci era de luta. O PCdoB do Maranhão era de um ideal fantástico, o mesmo podemos dizer do PCB, com guerreiros valorosos que honraram a luta aqui na nossa terra.
Hoje, olho para este PCdoB no governo do Maranhão e vejo um monte de elitistas, figuras que faziam parte da direita reacionária.
O jovem prefeito de São Luís era do PTC, assinou a ficha do PDT, mas a alma ele entregou para o PCdoB... Tudo de mentirinha!... Principalmente, a entrega da alma!!!...
Edivaldo Junior, mesmo nos tempos de estudante, nunca foi destaque de grandes lutas políticas. Sempre foi um jovem elitista...
O pai (do dito cujo) foi escolado no quartel do Sarney. Tinha raiva de comunista... Duvido que me desminta! 
Participamos de muitos debates na Câmara Municipal, mas ele (o pai do dito cujo) sempre foi obediente às ordens da direita reacionária aliada da ditadura. E ele (o pai do dito cujo) até assinou a ordem para a polícia invadir a Câmara Municipal de São Luís com determinação de baixar o couro na gente. Muitos feridos naquele dia... Um dia/noite de terror!..., que madrugou!
O companheiro Haroldo Saboia, deputado estadual na época, esteve também presente naquela luta e foi igualmente vítima do massacre... Acabamos indo para o refúgio, de acolhimento e proteção, que nos deu a Arquidiocese de São Luís... Porém, muitos foram internados em hospitais com ferimentos graves.
Ocorreram mais coisas, que ainda não vou revelar... Coisas que dói e doeram! Há tempo pra tudo... E lembrança também!
Hoje, vejo alguns elitistas, que naquela época fizeram parte da direita reacionária, afirmando posições comunistas, como se comunistas fossem: são os comunistas de mentirinha...
Eu, que ainda não morri, guardo muitas histórias de luta pela minha terra, pela democracia, pela liberdade!...
E eu digo para meu EU: Avante companheiro! Avante!... A luta continua...
E vou caminhando pela estrada...

Nenhum comentário: