Busca

domingo, 15 de novembro de 2015

Aliança de Roseana com Edivaldo


Crônica do amanhecer

Por Hélcio Silva

(15 / 11 / 2015)


O PTC era uma família política, com abrigo no edifício Lisboa... E a gente contava até piadas picantes, porém alegres, apesar de muitos crentes, além de um bom número de pastores, incluindo-se naquele tempo as presenças vigilantes de dois delegados de polícia, amigos nossos também. Edivaldo Holanda era o coronel. O filho, hoje prefeito de São Luís, sempre a um canto da sala principal, educado e gentil, apenas sorria por qualquer besteira que a gente falava, principalmente quando o gracejo vinha do pai...
O saudoso Assub, ex-vereador de São Luís, sempre aparecia, pois era também membro do diretório do PTC.
Certa manhã, chegando à sede do partido, fui informado:
- Edivaldo viajou. Foi a Caxias conversar com o Ministro Vidigal. Foi no avião de Zé Genésio.
O PTC, depois de prolongados debates e uma pré-convenção no Iate Cube da Ponta da Areia, no dia 21 de abril de 2006, decidiu por apoiar o nome de Edson Vidigal para o Governo do Maranhão. Foi uma festa, com os delegados pulando e muitos pastores gritando aleluia...
Pronto! Vidigal estava abençoado!
Meses depois, já na convenção partidária realizada no plenário da Assembleia Legislativa do Maranhão, que ainda funcionava na rua do Egito, o PTC decidia que Edivaldo Holanda - presidente e dono do partido - estava autorizado a confirmar ou desfazer o acordo fechado na pré-convenção do Iate Clube.
De carta branca, Edivaldo dançou a valsa dos interesses, fez culto ao diabo, não deu mais satisfação ao partido do que estava decidindo e foi apoiar Roseana Sarney.
Jackson Lago ganhou a eleição de 2006 e tomou posse como governador do Estado do Maranhão no dia 1ª de janeiro de 2007..., com Edivaldo Holanda assumindo a liderança do novo governo na Assembleia Legislativa, mesmo tendo sido eleito deputado estadual com a ajuda do grupo Sarney.
Isso é fato. É história verdadeira.

Nenhum comentário: