Busca

domingo, 21 de agosto de 2016

COLUNA DO JERSAN

AGORA VAI OU RACHA



Terá início no próximo dia 25 (quinta-feira) o julgamento, no plenário do Senado Federal, do processo de impeachment contra a presidente afastada Dilma Rousseff (PT), que, uma vez aprovado dará ao interino Michel Temer (PMDB), o direito de se efetivar no maior cargo do país. Mas a petista ainda tem o direito de apresentar a sua defesa aos senadores, aos quais apelará para arquivar o processo, por se considerar inocente dos crimes a ela atribuídos.
Dificilmente Dilma conseguirá êxito ainda mais agora que o Supremo Tribunal Federal autorizou a abertura de inquérito para apurar denúncias contra ela por tentativa de obstruir a Justiça juntamente com o ex-presidente Lula e sua trupe. Ademais, os senadores têm opinião formada sobre o tema e prometem não mudar o voto que possibilitou a continuidade do processo na Comissão Especial e no próprio plenário.
Dilma sempre teve um relacionamento à distância dos congressistas, mas agora pretende sensibilizá-los e mostrar com os argumentos de sempre de que é vítima de um golpe que começou por vingança do então presidente da Câmara Federal, deputado “duro na queda” Eduardo Cunha (PMDB-RJ).  
O desfecho da votação e do veredicto está previsto para o dia 30 de agosto corrente. Agora vai ou racha!

SUCESSÃO EM SANTA INÊS

O prefeito Ribamar Alves, de Santa Inês corre grande risco de não se reeleger. Primeiro porque o governador Flávio Dino parece ter lavado as mãos com relação à luta do socialista depois que ele se envolveu em caso de estupro que culminou com a prisão dele por quase um mês em São Luís. Segundo, Alves teria pedido “socorro” ao ex-presidente José Sarney através de Chiquinho Escócio, ambos adversários do comunista.
Enquanto isso a candidata do PSDB Vianey Bringel avança na luta pela prefeitura daquele grande município que tem o tamanho dos problemas que o afligem, como falta de saneamento, trafegabilidade complicada, saúde deficitária, dentre outros.

 

RILDON BOGEA

O leitor assíduo do JP e da coluna do Jersan, Rildon Bogea oficializou, em convenção do PSDB, a sua candidatura à Câmara Municipal de Santa Inês e, com disposição, busca o primeiro mandato. Pelos cálculos de observadores, a exemplo do que ocorrerá em outras cidades, a Câmara daquele município deverá ser renovada em mais de 50% dos seus membros.

ACADEMIA DE HIDROGINÁSTICA

Também, de Santa Inês vem a informação dando conta de que a “Rehabilither Água Fitness” dirigida pela empresária e fisioterapeuta Jacyara Dias Carneiro está prestando excelente serviço na academia de hidroginástica e natação à sua clientela. Aliás, é oportuno acrescentar que o fisioterapeuta exerce uma função de grande importância na recuperação física dos pacientes. Infelizmente, no serviço público esses profissionais são pessimamente remunerados.

 CONDUTA ESTRANHA

Domingo último o titular da SMTT, Canindé Barros em entrevista a este jornal não poupou críticas à administração do então prefeito João Castelo. Achei interessante e ao mesmo tempo estranho porque ele, naquela gestão ocupou o mesmo cargo e não chamou a atenção para os problemas que hoje relata. Ele, Canindé, também, foi secretário de Transportes na administração de Tadeu Palácio e a sua prestação de contas referente ao ano de 2007 foi rejeitada pelo Tribunal de Contas do Estado. Vai culpar o ex-chefe? Quem atira pedras, critica, denuncia, obrigatoriamente deve ter uma conduta ilibada e parece que este não é o caso... E mais: será que no futuro, em outra administração ele criticaria o atual “patrão”?

COMEÇA A CAMPANHA

A Rede Bandeirante de Televisão, a partir desta semana vai promover debate entre candidatos a prefeito de várias capitais. São Luís não está incluído, pelo menos nesta primeira etapa. Além de São Paulo a BAND de Belo Horizonte, Rio de Janeiro e Goiás já estão montando os “palanques” onde os vários postulantes às Prefeituras vão apresentar propostas e ser questionados por profissionais da emissora.

BATALHA DIÁRIA

Os candidatos à prefeitura de São Luís já deram início às caminhadas, ao trabalho corpo a corpo e às reuniões nas comunidades com o objetivo de conquistarem os votos do eleitorado da chamada ilha rebelde. Os candidatos a vereador seguem o mesmo rumo. No interior do Estado não é diferente. Em todos os municípios os candidatos se organizam para a curta campanha de 45 dias para convencer os eleitores a votarem neles. A batalha diária dos candidatos nem sempre contam com os prefeitos atuais que, desgastados por nada terem feito nos últimos quase quatro anos preferiram vestir o “pijama” prematuramente.

SÃO JOÃO BATISTA

No pequeno município de São João (22 mil habitantes e quinze mil eleitores) oito candidatos disputam o cargo de prefeito. Há “racha” pra todo gosto e ninguém se arisca em afirmar quantos, na verdade chegarão à reta final. Poucos alcançarão o pódio. Um só receberá “medalha” e aos perdedores restarão lamentações e arrependimento pelas bobagens que fizeram.  Essa é a regra!

ASSIS CANDIDATO

O administrador de empresas e filho da terra, Assis Araújo, é candidato a vereador em São João Batista. Juntamente com outros companheiros do partido (PTB) ele defende atuação mais eficaz da Câmara Municipal, considerada omissa e conivente com o caos reinante no município. O PTB está coligado com o PSDB que tem como candidato a prefeito de São João Batista o engenheiro João Dominici.

TRAGÉDIA NO BANCANGA

A tragédia anunciada no Rio Bacanga que ocasionou a mortandade de toneladas de pescado revoltou a população e revelou, no mínimo, omissão e irresponsabilidade das secretarias de Infra- estrutura e de Meio Ambiente do Estado.

Nenhum comentário: