Busca

quarta-feira, 14 de setembro de 2016

Os plantadores de vento

Hélcio Silva

(14/09/2016)

A minha avó Luíza sempre dizia - “o sujo não pode falar do mal lavado” -.
E hoje se viva ainda fosse diria aos ventos: “quando o sujo e o mal lavados estão sujos demais, águas de Lava Jato neles”...

O Renan Calheiros afirmou, ao ser questionado por jornalistas sobre a cassação do mandato de Eduardo Cunha pelo plenário da Câmara, que "quem planta vento colhe tempestade".
E ainda fez um pedido: "Afasta esse cálice de mim”:

Eduardo Cunha, mesmo batido e abatido, ironizou a declaração de Renan afirmando esperar que os "ventos" que chegam a Renan "não se transformem em tempestade".
E o Lula pode se encrencar ainda mais quando algumas noticias chegarem mais duras às páginas e ventos da mídia...
E as águas da Lava Jato estão a esperar muita gente...
Bom dia, meus amigos e amigas deste sofrido Brasil...
Uma Feliz Quarta-Feira!

Nenhum comentário: